O clássico de Elvis Presley, “Suspicious Minds” completa 50 anos e para celebrar a canção e o Rei do Rock, o cantor Jair Bloch lança sua versão acompanhado por Japinha, Marcão (ex-Charlie Brown Jr.), Yohan Kisser (Kisser Clan, Sioux 66), Bento Mello (Sioux 66) e Valter Gomes como banda.

A faixa ganhou um time muito bacana onde Jair vive um músico e cientista que sequestra caras para se tornarem músicos e formarem uma banda de rock liderada por ele como vocalista.

Foto: TR Tudz

A nova versão chegou com a aprovação e bençãos da família Presley. “Cheguei à conclusão de que os 50 anos de ‘Suspicious Minds’, a minha favorita dele, merecia um tributo. Mas eu não queria ser só mais um cover de Elvis, com todo o respeito aos que realizam este trabalho, a condição que me foi dada quando consegui as autorizações, é de que fizessem jus a carreira dele. Queria fazer algo que ninguém no planeta tivesse feito ou sequer imaginado”, revela Jair.

Com a ideia de conectar o legado de Elvis com o público mais jovem, trazendo uma sonoridade mais moderna, “Suspicious Minds” é a primeira de três canções que ganharão releitura. Inclusive essa nova roupagem surpreendeu até mesmo Mark James, o compositor original da música. Bloch ainda conseguiu as autorizações de “Love Me Tender” e “It’s Now or Never”.

Sobre as participações de Japinha e Marcão, que segundo Jair Bloch, foram fundamentais para dar uma identidade ainda mais única ao single, o cantor revela, “As primeiras duas pessoas que pensei quando estava com as autorizações na mão, foram eles. Sempre foram músicos referências para mim no quesito técnica e personalidade, foi a cereja do bolo”.