Uma das cantoras mexicanas mais amadas do Brasil, Dulce Maria lança seu novo single “Lo Que Ves No Es Lo Soy” que fará parte do novo álbum e recebeu a imprensa pra uma Coletiva De Imprensa Online via Zoom.

O Portal Me Gusta teve o privilégio e a honra de ser um dos veículos brasileiros a participarem da Colteiva, onde Dulce contou detalhes de sua nova música (com clipe no dia 10) e do disco “Origen”, além de falar sobre sua carreira que está completando 30 anos, gravidez e sua ausência na Live do RBD.

Muito simpática Dulce Maria atendeu a todos com muita disposição e animação. Linda e grávida, a artista estava radiante e todo momento acariciando sua barriga com muito amor. Ela driblou muito bem o desconforto pra achar uma posição mais confortável ao se sentar e no fim da entrevista, demostrou desejo em falar um pouco mais e fez questão de responder perguntas extras, além das previstas, algo proposto por ela mesma. Foi incrível!

Saiba o que Dulce Maria contou a seguir:

Albúm “Origen” e single novo “Lo Que Ves No Es Lo Soy”

Sobre o disco Dulce revelou, “Para mim é um projeto muito importante e na realidade é muito pessoal. Estou de certa forma trabalhando há alguns anos neste projeto, porque são composições feitas em diferentes momentos da minha vida, em diferentes etapas de minha carreira e vida pessoal. Quando decidi começar com ‘Origen’, foi como ter uma produção com a qual a iniciativa foi minha, uma produção como eu disse, muito pessoal e estava pronta de alguma forma há 12 anos, desde a apresentação no Teatro Metropolitano no México até agora. E finalmente pude lançar esta canção, que não é tão nova, pois alguns fãs já a conhecem, não esta versão claro, mas a ao vivo”.

No meio do processo veio a gravidez e a pandemia. Segundo ela, “Foram meses muito complicados e eu tive que dar até uma pausa e está chegando cada vez mais perto do nascimento de meu bebê e é um ciclo diferente e que tenho muita vontade de compartilhar com todos meus fãs”.

Ela contou ainda detalhes do single novo. “A música diz muitas coisas, mas o vídeo diz um pouco mais coisas sobre mim, minha carreira e vários aspectos que quero compartilhar e estou feliz. Me sinto livre, pois posso mostrar algo tão pessoal e não necessariamente o que as pessoas esperam, e algo que pra mim é especial e espero que seja para muitos dos meus fãs e muito importante em todo o disco, que não é o mais comercial do mundo. São canções muito de coração”.

Vemos pelas músicas já lançadas, que a cantora apostou em novas sonoridades pro seu novo álbum. Sobre isso ela contou, “A princípio segue sendo Pop, não tão diferente, mas tem sim uma influência como Folk e de músicas que gosto e que escuto e gosto do que transmitem e alguns instrumentos, e eu quis experimentar isso. Enfim, é um experimento, uma transição e trato de coisas diferentes e por isso tem essa influência um pouco Pop Folk. Mas segue sendo Pop, baladas, mas com alguns instrumentos que ainda não tinham sido usados nos meus discos anteriores”

Ela destaca ainda que foi possível seguir o trabalho mesmo estando grávida, pois o disco que segundo ela é “um divisor de águas, como se terminasse um ciclo e começasse outro”, já estava já praticamente gravado e bastava lançar o projeto digitalmente. Ressaltou que o disco chega quando ela está completando 30 anos de carreira e perto da chegada de sua filha, um momento muito especial pra ela e, portanto perfeito pro lançamento de algo tão pessoal. Dulce enfatizou que fazer o lançamento por agora a faz se “sentir conectada com os fãs apesar de todas as circunstâncias”.

Capa do Single “Lo Que Ves No Es Lo Que Aoy”

Ausência na Live do RBD

“A verdade é que sempre agradeço muito todo apoio que estão me dando meus guerreiros e todos. E sei que principalmente no Brasil estão me apoiando, e sempre apoiaram as musicas do RBD e também as minhas músicas solo e isso foi algo que me deu muita alegria e muita satisfação”, conta Dulce.

A mexicana contou que foi difícil não só para os fãs, mas também pra ela não participar da Live e frisou “Acredito que todos sabem o quanto é importante pra mim. E veio em um momento muito complicado, muito difícil pra mim, porque eu gosto de estar nas coisas 100% e gosto de me entregar, vibrar e sentir as pessoas e tudo o que viria em um reencontro. E são muitas coisas de trabalho e muitas coisas que tem que estar em sua mente. Fisicamente e emocionalmente você tem que estar 100%. Nesse momento, tem sido pra mim complicado e tem a gravidez e coisas complicadas. Porque dizem que é muito bonito, que é linda a barriga, mas é algo muito desgastante pra uma mulher, ainda mais numa pandemia, onde se está só e precisa ir ao médico ver como está o bebê, e é horrível ter que cobrir a boca e sentir medo do vírus e não se pode ver seus amigos e sua família e pode vir depressão e tantas coisas ruins que está acontecendo no mundo. É algo que tem sido pra mim desafiador pra mim”. Diante de tudo isso e do fato de ela estar gerando alguém que depende 100% dela, teve de optar em dar prioridade à tudo isso e não fazer parte do show online.

Foi pensada na possibilidade da Live ser em Março pra ela participar, porém ela preferiu não se comprometer. Segundo ela, “Estarei em pós-parto, amamentando em uma pandemia onde não posso contratar nem babás pra que cuidem de meu bebê e nem sei como vou estar, não sei ainda como é ser mamãe e é um momento muito complicado. Não é que eu não queira estar, eu não posso”. A cantora completa que adoraria estar na Live compartilhando esse momento e celebrando a vida com os fãs e seus companheiros de RBD. Porém, segundo “Não me perdoaria se algo saísse mal por eu não estar 100% focada em minha saúde e na de meu bebê, que agora precisa de mim”. Ela também revelou sobre não estar Live que, “Me dói muito, mas muito não poder estar, porque sabem como é muito importante pra mim. Sempre vou ser uma RBD, sempre serei parte do RBD”.

“Lo Que Ves No Es Lo Soy”

A canção foi escrita por Dulce Maria há muitos anos, mais ou menos uns 7, em um momento em que ela estava um pouco triste, decepcionada com muitas coisas e que tava difícil ter uma inspiração. Segundo ela veio “como uma parte da instabilidade que é às vezes estar em turnês, em shows e viajando”, enquanto as pessoas olham e acham que tudo está sendo ótimo, porém não sabem o que está por dentro da pessoa, do ser humano e o quanto ela se sente perdida e sem saber o que espera em cada lugar em que chega.

E ela falou também sobre o clipe da nova música “Quero que vejam o vídeo pra que entendam melhor, como tem sido esses meus 30 anos trabalhando, desde muito pequena e porque agora preciso respirar e resgatar a origem de minhas canções e composições. Todas essas coisas vocês  vão entender muito melhor quando verem o vídeo”.

Existe alguma pressão pra que Dulce Maria seja perfeita por parte do público?

Para ela não há essa pressão. “Acredito que algo que sempre defendi e que foi sempre minha bandeira, foi ser eu mesma. Por mais que gostem de você e esperem algo de você, seja real e quem você é, sem tentar aparentar algo para caber em um molde, digamos assim. Acredito que desde quando fui de Rebelde, nos shows que eu fazia, em tudo, sempre tentei ser congruente com a etapa da vida em que eu estava vivendo e sempre tratei de transmitir minhas ideias, meus sonhos e as coisas que eu estava defendendo. Acredito que ser real, te conecta mais com as  pessoas. Não sou um exemplo, e sim um espelho. As pessoas podem se identificar comigo e o melhor, até o ponto em que se identificam, pois todos vamos evoluindo, crescendo e nos questionando, tendo novas ideias”

Ela ainda contou  que muitos esperam coisas dela, e que teria soado estranho se por isso, ela tivesse deixado de lado quem ela é de verdade. Para ela, o melhor é ser honesta e mostrar suas emoções, se expressando de maneira mais pessoal, sendo autêntica, independente do que esperam dela. E ainda ela refletiu, “Não tento ser perfeita, ao contrário, acredito que é mais inspirador ser real”.  E completou que ser você mesmo,  te faz ter certeza que a conexão com as pessoas é real.

Do RBD até hoje, o que mudou em Dulce Maria

“Acho que certas coisas nunca mudam e outras sim, porque passam os anos, passa a a vida, se realiza sonhos e outros se percebe que não eram exatamente o que queria, você cai e se levanta, conhece as pessoas de verdade, se decepciona, se apaixona, faz novas amizades e tudo vai mudando. Claro que fui mudando, mas há muitas coisas que permanecem. E como eu disse, sempre fui eu mesma, e quando eu estava na época do RBD também fui diferente, nesses 4, 5 anos também fui um pouco diferente em cada etapa. Mas sempre defendi minhas ideias, defendi o que acredito e resgatei esse lado humano, de lutar pelos sonhos, não deixar de ter fé e seguir acreditando, apesar de poder cair e ter de se levantar e seguir adiante”.

Dulce ressaltou também que nunca deixou de ser ela mesma, independente do que as pessoas fossem falar dela.

Foto: Luis de la Luz

Com quais artistas brasileiros gostaria de fazer parcerias

Dulce Maria contou que gosta de muitos artistas brasileiros e que adoraria gravar um Funk, que tem esperança de um dia gravar Funk. Ela ressaltou o desejo de gravar também com Paula Fernandes, Tiago Iorc e Luan Santana.

Vida profissional e sonhos

“Me sinto orgulhosa e satisfeita com tudo que eu fiz e agradecida por todo apoio e amor que encontrei ao longo dessa carreira, porque sem dúvida, numa imaginei. E uma das surpresas mais lindas que tive na carreira foi chegar ao Brasil. Com o RBD foi algo incrível. E também por muitos anos quando vim fazer shows solo no Brasil, sempre fui muito bem recebida por sua gente e sua cultura, sua música e tantas coisas Me sinto orgulhosa de muitas coisas”, contou Dulce.

Ela disse que também aprendeu a dar valor às coisas simples e ás pessoas, após passar por tantos momentos em que viajava pra trabalhar e de repente se via sozinha, distante dos familiares e amigos. Além de ter sonhos a cumprir e que vão aparecendo ao longo do tempo. Atualmente está realizando o sonho de lançar o álbum “Origen” aos poucos até ele ser lançado inteiro e ser compartilhado com todos. E obviamente pra ela o mais importante agora é o nascimento da filha e que tudo saia bem. Ela tem o desejo de ser a melhor mãe possível. E ressaltou que de alguma forma quer que os fãs se sintam conectados à ela nesse momento. E contou que sonha em compor mais e depois lançar mais algum disco.

Dulce Maria durante a Coletiva