Lu Andrade lança seu primeiro EP solo, “Elo” com seis belas canções com influências que vão do Pop, passando pelo Folk e elementos de Trap e da Música Eletrônica. A produção é do talentoso Lucca Mourão.

Sobre o novo trabalho composto apenas por canções autorais, Lu conta “Participei de cada detalhe dessas canções, desde a composição até a produção, a mixagem, as fotos, as artes. Pela primeira vez na vida, pude fazer tudo do jeito que imaginei, isso me traz um sabor especial de sonho realizado. E olhando em retrospecto, só teria dado certo se fosse assim, pois tudo acontece na hora e da forma que tem que acontecer”.

A cantora ainda ressalta, “Um sonho que levou 26 anos pra ser realizado! No meio do caminho foi muita luta, mas eu fui cantando, dançando, caindo, levantando, compondo, criando. Me mantive fiel ao sonho de ser artista e fazer música. Sou muito grata, porque ela me deu tudo que eu tenho. Fico feliz e orgulhosa de mim mesma por não ter desistido: me tornei quem sempre sonhei ser. Sonhos sempre se realizam. Nunca desista deles”.

Capa do EP “Elo”

Abrindo o EP, “Chuva” fala de superação nos momentos em que nos sentimos perdidos e chega com uma pegada bem Pop e moderna, com batidas eletrônicas marcantes.

Também com elementos eletrônicos e usados com um pouco mais de leveza, “Você e Eu” é uma canção bem gostosa de escutar e que também tem um pouco de Trap em sua melodia. Uma faixa que traz muita identificação para quem ouve, até porque, quem é que nunca ficou a fim de alguém a ponto de pensar muito nessa pessoa? Um belo sentimento traduzido tão bem em palavras e música.

Outro ponto alto do EP é “Um Dia A Gente Volta A Se Cruzar Na Rua” que de forma leve fala sobre o sentimento de saudades daquela pessoa que se amou muito e que deixou boas lembranças. Uma bela mistura de Pop e R&B que nos contagia e nos alegra.

A canção que dá título ao trabalho, “Elo” é uma das mais belas letras deste EP. A canção foi escrita em homenagem a Branca, cachorrinha que Lu. Com um arranjo de cordas todo especial, a canção fala de um amor puro e da saudades de alguém que foi muito especial e com quem se tem um elo para vida toda. Uma letra que cabe a diversos tipos de relações e de amores.

Já com uma pegada mais Pop Folk, “Foi Paz” fala do fim de uma relação que trouxe paz e nos lembra que é necessário, depois do fim, seguir de peito aberto e lembrando sempre dos momentos bons que vivemos ao lado daquela pessoa.

Particularmente, não consegui conter a emoção com “Eu Nunca Quis Dizer Adeus” e tenho certeza que com muitos aconteceu a mesma coisa, ao escutar essa lindíssima e emotiva canção. A base do arranjo feita com piano é muito especial e combina demais com a voz gostosa de Lu Andrade. A letra sobre um amor inacabado é simplesmente linda e toca os nossos corações.

O primeiro EP de Luciana, que em 10 minutos de seu lançamento chegou ao primeiro lugar do iTunes Brasil, é um ótimo álbum de estreia que mostra a maturidade vocal e como compositora de Lu Andrade.

As letras e arranjos das canções são belíssimos e a cantora soube com muita sensibilidade falar sobre temas como amor, superação, saudades e esperança.

O álbum bem Pop e moderno, muito gostoso de ouvir e que traz todo talento, sensibilidade e essência de Lu Andrade, uma grande artista que marcou a vida de tanta gente através de suas músicas (do Rouge e solo) e que continua inspirando tanta gente.