Zé Vaqueiro durante a pandemia ganhou visibilidade no país e se consolidou como um dos principais destaques da nova geração da música.

O jovem José Jackson nasceu em Ouricuri (PE) é um grande sucesso. Porém, nem sempre foi assim. Forrozeiro desde criança e sempre apaixonado por música, Jackson iniciou a carreira distribuindo CDs gratuitamente.

“O amor pela música vem de berço. Minha mãe é cantora e eu ia com ela para ensaios e shows. Certa vez, ela fez um show na nossa cidade e me chamou no palco de surpresa para cantar Amor Perfeito, do Roberto Carlos. Fui morrendo de vergonha. Era numa praça, e estava lotada! Quando terminei de cantar, todos aplaudiram. Falei: ‘gostei, é isso que quero para a minha vida”, ressalta o artista.

Trajetória

Jackson atuou em diversas áreas, como vendedor de sorvete e funcionário de um lava-jato. Aos 18 anos, fez seu primeiro disco caseiro com 50 cópias que foram distribuídas gratuitamente entre feirantes, em festas e cidades vizinhas.

Zé conta que começou fazendo shows de graça. “Até que surgiu a primeira música, ‘Vem me Amar’, de composição minha. Ela viralizou e foi essencial para a visibilidade das músicas seguintes”, destaca. Logo em seguida, lançou o álbum “Vem Me Amar”, em 2019, “O Estouro das Vaquejadas” e o “Original”, ambos em 2020.

Com músicas autorais e apadrinhado por Xand Avião, o pernambucano deixou a cidade natal para viver em Fortaleza estrategicamente, já que a capital nordestina é um grande expoente do mercado do Forró. Com o objetivo de ascender na carreira, o cantor reconhece que a nova fase na capital cearense foi essencial para o reconhecimento que tem hoje.

Protagonista de sucessos no país, o cantor possui uma vasta cartela de hits: “Vem Me Amar”, “Confidencial”, “Tenho Medo”, “Meia-Noite”, “Cangote” e o megahit “Letícia”.

Recorde de Views

Consagrado como um dos representantes do gênero Piseiro, o cantor, de 22 anos, ultrapassou a marca de mais de meio bilhão de views no canal oficial no Youtube. “Como Pernambucano, tenho um imenso orgulho de ter nascido aqui e de viver tudo isso no meu Nordeste. Para onde vou, levo o nome dessa região com muita satisfação e amor, pois é isso que sinto pela terrinha. Para mim, é gratificante ter alcançado esse patamar com o público que me acompanha. Toda vez que eu paro para pensar sobre tudo que foi construído até o momento, passa um filme na minha cabeça de cada momento que eu superei para chegar onde estou hoje”, pontua ele.

Para 2021, as expectativas para a carreira são as melhores possíveis. “Quero ir além do que imagino. A minha trajetória é sinônimo de maturidade e experiência. Hoje, eu sei que tudo que passei serviu para me fortalecer ainda mais. Neste ano, continuarei focado em prosseguir com novos projetos e parcerias”, revela Zé Vaqueiro.