Edi Rock lança “Paranoia” em parceria com Mc Sombra.

A música ganhou um clipe com uma pegada mais dark, seguindo a proposta do nome do feat, através de um misto de cenas reais com elementos de animação. A gravação aconteceu no estúdio da Casa Locomotiva, que também assina a criação e direção do vídeo.

Foro: Leonardo Muniz

A letra da canção é cheia de referências à cidade de São Paulo, principal matéria prima de sua criação. Segundo Edi, “A minha brisa são as ruas de São Paulo à noite, onde andar é meio paranóico. Conheço a noite da cidade, os bares, as baladas, as blitz, as drogas em alta rotatividade. É um Rap da minha visão sobre a noite de São Paulo, que é uma cidade muito louca e onde quem mora fica louco também, 24 horas é pouco. Ao mesmo tempo, o MC Sombra já fala da cena atual, pandemia, distanciamento, racismo, violência policial, comportamento, internet. Por isso, na concepção do clipe, o Sombra é o meu inconsciente. Tudo isso junto gera estresse, e consequentemente paranoia”.

Os elementos do submundo a que Edi se refere estão presentes no vídeo por meio de animação, sendo encarnados por cobras, lobos ferozes, porcos endinheirados e outras figuras que rodeiam o artista, sempre com olhos vidrados, maximizando o clima de “Paranoia”.

Sobre a experiência de participar de um clipe de animação pela primeira vez, Edi conta: “Brisa pura, não tem como não voltar no tempo. Pra mim esse tipo de animação me remete ao passado, o recorte, a cor ,os efeitos, a fotografia! É a arte moderna de olho no passado, nossos melhores professores”.

O novo audiovisual encerra o ciclo de lançamentos vinculados ao álbum “Origens Parte 2 – Ontem, Hoje e Amanhã”, lançado pela Som Livre em Outubro de 2020.

E Edi ainda dá um spoiler sobre os próximos passos da carreira. Segundo ele, “Ando trabalhando em projetos pessoais, com direção e produção minha. De início a ideia é um canal de música com a proposta de soltar conteúdo musical de boa qualidade sob a minha supervisão. Gosto de criar e no meio do que já tem, vejo oportunidade para o que eu faço, só que totalmente sob o meu comando”.