Após o sucesso da música “Comando”, Negra Li lança “Eu Preciso Ir” ao lado de Ferrugem.

Enquanto na música anterior, a cantora refletia sobre empoderamento, raízes e luta negra, na nova canção ela e o pagodeiro, falam de sdo momento de libertação de uma relação solitária onde houve uma entrega profunda sem reciprocidade. “Eu Preciso Ir”, chega com uma sonoridade que mistura R&B e Pagode.

Capa do single “Eu Preciso Ir” – Foto: Matheus Oliveira

A letra da música tem inspiração em vivências da cantora com o término do seu casamento em 2019 e evidencia o fechamento de um ciclo muito marcante em sua vida, mostrando que é preciso ter coragem para ir embora e experimentar novos ares.

“Escrevi essa canção, pensando em deixar esse sentimento que tive neste final de ciclo registrado, a letra foi baseada no que senti naquele momento do término da minha relação. E trazer a essência do pagode para esta canção me remete muito a minha vivência familiar, o pagode e o samba sempre foram muito presentes na minha vida, nas festas em família, nos encontros com amigos e os projetos que fiz no passado com outros cantores do gênero. Essa mistura de R&B e pagode trouxe uma harmonização perfeita entre as nossas vozes. Considero o Ferrugem uma das mais belas vozes do Brasil na atualidade, sempre tive vontade de unir nossas vozes em uma música”, conta Negra Li.

Foto: Matheus Oliveira

Já Ferrugem fala sobre ter gravado com ela: “Pra mim, em primeiro lugar, foi uma honra dividir os vocais com Negra Li. Assim como para qualquer outro artista, acredito eu, principalmente para mim, que sou influenciado pela música dela, ser convidado pela Negra Li foi algo incrível e que vai ficar marcado no meu coração e na minha carreira para o resto da vida. A música está linda, foi composta por ela, Arthur Marques e Timbó, com base na vivência dela, o que torna tudo muito mais bonito, um sentimento genuíno e verdadeiro. Eu já esperava que fosse ficar bom o resultado, mas não imaginava que nossas vozes se casariam tão bem e que seria um encontro tão perfeito. Estou muito feliz com o resultado, orgulhoso de mim mesmo por alcançar este patamar de cantar com uma cantora de nome e renome como é a Negra Li. Foi lindo dividir com ela esse trabalho e espero que o público goste e ouça muito”.

E a canção, ainda ganhou um clipe gravado em São Paulo e dirigido por Malu Alves. A produção ambientada nos anos 2000, conta a história de um casal que vive uma história de amor, com lindas cenas de romance, daquele mais inconsequente e visceral, mas que tem sua história finalizada pelo encontro do amor próprio da mulher que, por se entregar e amar demais, precisa ir em busca de sua liberdade.

“Eu quis compartilhar essa experiência real da minha vida para que as pessoas se identifiquem e tomem essa mensagem para si, sobre a importância do autoconhecimento e o quanto é importante aceitar o fim de um ciclo e seguir adiante”, finaliza Negra Li.

Hoje, com 24 anos de carreira e 4 álbuns lançados em carreira solo, Negra Li acumula mais de 1.4 milhões de reproduções no Spotify, se tornando uma das maiores cantoras do país e uma das maiores referências musicais para a nova geração.