Comemorando os de 20 anos de carreira (dos 35 completos em 4 de Dezembro), Maria Gadú nos presenteia com o álbum “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor”.

No novo projeto, a artista se revela também multi-instrumentista, tocando todos os instrumentos gravados e reverencia a Música Popular Brasileira com regravações de nomes como Marisa Monte, Caetano Veloso, Gonzaguinha e Rita Lee.

Capa do álbum “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor”

“Reverência à arte, à solidão, às novas experiências, ao novo, ao velho, ao eterno. Nesse projeto, homenageio, me arriscando em novas falanges da musicalidade, artistas que acompanham minha alma há muitos anos. Me arrisquei a executar instrumentos que nunca havia tocado antes, em canções que me provocam e embalam meu coração. Uma reverência solitária a toda essa esfera. Dedico especialmente este musical aos meus alicerces : Marisa Monte e Milton Nascimento”, revela Gadu.

Em 2019, pré-pandemia, Gadú se permitiu viver um tempo de solidão e introspecção na produção de seu quarto álbum, e por conta disso, decidiu tocar todos os instrumentos que vestiram o repertório de “Quem Sabe Isso Quer Dizer Amor”.

No repertório, novas roupagens de canções brasileiras que marcaram a vida da cantora, que homenageia grandes nomes da MPB, como Caetano Veloso, Gonzaguinha, Marisa Monte, Rita Lee e Renato Russo, além de três faixas internacionais (inglês, espanhol e italiano). São ao todo doze músicas produzidas por ela mesma.

Foto: Loiro Cunha

O novo trabalho também ganhou uma versão audiovisual com estreia em 6 de Dezembro, no You Tube, com os videoclipes de todas as faixas. Já em 2022, em 28 de Janeiro será lançado um documentário média-metragem, que costura registros dos bastidores da produção do álbum com capítulos marcantes da vida de Maria, desde o começo de sua carreira, quando ainda tocava em bares em SP.

Foto: Dani Gurgel

O álbum também ganha uma versão física em LP no dia 6 de Dezembro pela Slap.

• Repertório: 

• UM MÓBILE NO FURACÃO (Paulinho Moska) 

• O SAL DA TERRA (Beto Guedes e Ronaldo Bastos) 

• FLYING WITHOUT WINGS (Wayne Hector e Steve Mac) 

• COISAS DA VIDA (Rita Lee) 

• ESTE AMOR (Caetano Veloso) 

• QUEM SABE ISSO QUER DIZER AMOR (Lô Borges e Márcio Borges) 

• ABOLOLÔ (Marisa Monte e Lucas Santtana) 

• A ME RICORDI IL MARE (Daniele Silvestri e Vincenzo Leuzzi) 

• LINDO LAGO DO AMOR (Gonzaguinha) 

• FAROESTE CABOCLO (Renato Russo) 

• ADMIRÁVEL GADO NOVO (Zé Ramalho) 

• EL TIEMPO ESTÁ DESPUÉS (Fernando Cabrera)