A estrela premiada com Grammy, Cardi B lança audiovisual de “Hot Shit” com Kanye West e Lil Durk.

O primeiro single de 2022 da rapper foi anunciado anteriormente com um teaser épico durante a cerimônia de entrega dos BET Awards 22 e traz três das mais poderosas forças do Rap moderno juntas. O clipe chega com um tom todo futurista, dirigido pelo cineasta russo Lado Kvataniya.

Produzido por Tay Keith, que já recebeu indicação ao Grammy, chega após mais de um ano do último lançamento dela, “Up”, lançado em Fevereiro de 2021 e que alcançou o primeiro lugar no Billboard’s “Hot 100” 2021 (quinto single solo de Cardi a alcançar o topo dos charts, levando seu nome ao Guinness World Record como a rapper mulher que mais teve canções no #1 do chart “Hot 100” na história, e que ganhou dois primeiros lugares sem estar acompanhada de outro artista). O vídeo oficial da música recebeu indicações tanto ao BET Awards como “Vídeo do Ano” e no BET Hip Hop Awards como “Melhor Vídeo de Hip Hop”, “Vídeo Musical do Ano de 2021” no “The Peoples Choices Awards”, e “Vídeo do Ano” no “American Music Awards”, enquanto atualmente conta com 230 milhões de visualizações.

Nesse ano a artista se uniu a Summer Walker e SZA em “No Love (Extended Version)”, marcando sua segunda colaboração com Walker, na sequência de uma aparição como convidada do álbum que figurou no topo dos charts de 2021, “Still Over It”. Mais recentemente, Cardi B se uniu a Kay Flock para “Shake It (Feat. Cardi B, Dougie B & Bory300)”, nomeado pela Billboard como um “estrondo no hip-hop” e incluído na lista da publicação como uma das suas “50 Melhores Canções de 2022 Até o Momento”.

Cardi B está entre os mais significativos artistas musicais de todos os tempos, independente de gênero e geração, tudo conquistado em menos de uma década. Entre suas conquistas, ela figura na lista de rapper mais certificada de todos os tempos pela RIAA, no ranking “Top Artists (Digital Singles)”, artista mulher com mais certificações diamante e a única rapper mulher com vários bilhões de streams no Spotify, onde seu álbum de estreia ganhador do Grammy e 3x platina pela RIAA, “Invasion of Privacy”, permanece como o mais ouvido de uma artista mulher até hoje.m