O cantor e compositor Aaron Carter de 30 anos, irmão mais novo de Nick dos Backstreet Boys, começou a sua carreira ainda pequeno aos 7 anos participando da banda “Dead End”.

Em 1997 abriu o show dos Backstreet Boys em Berlim na Alemanha e meses depois lançou o seu primeiro single “Crush On You” e seu primeiro disco homônimo.

Em 2000 seu segundo disco “Aaron’s Party” vendeu mais de 3 milhões de cópias. Ainda foram lançados “Oh Aaron” em 2001 e “Another Earthquake” em 2002.

Foram também lançados dois discos compilatórios com os maiores sucessos em 2003 e 2006, “Most Requested Hits” e “Come Get It: The Very Best of Aaron Carter”.

Agora em 2018, após ficar 15 anos sem lançar material inédito, chega às plataformas digitais e lojas o álbum “Love”, onde o artista ajudou na composição e produção de todas as músicas.

A faixa “Sooner Or Later” já tem 76 milhões de streams no Spotify. Outro sucesso é “Don’t Say Goodbye” que já foi escutada mais de 1 milhão de vezes na plataforma digital e fala sobre tudo que Aaron viveu no último ano.

O novo disco demorou mais de dois anos para ser desenvolvido e contou com novos ritmos incorporados ao trabalho do artista, algo que se vê muito nítido na canção “Fools Good”. Segundo a Billboard americana, essa faixa tem “um olhar intrigante para como o artista conhecido pelos hits na Rádio Disney, evoluiu nos última década”

Sobre a carreira Carter revela “Para mim, é tudo sobre a música, e se existe alguma coisa que aprendi neste último ano, é não se apegar ao passado, mas viver para o futuro”.

Referente a nova fase Aaron afirma “Sou muito grato aos meus fãs e estou ansioso para compartilhar esse momento profundamente pessoal, que veio do fundo do meu coração e alma”.

Após um ano muito conturbado e cheio de polêmicas, Aaron Carter sem dúvida voltou para retomar o seu lugar no mundo Pop, que nunca o esqueceu e sempre vai admirar e respeitar este incrível artista.