Empoderado e livre de preconceitos e amarras, Criolo vem com tudo com o maravilhoso single “Etérea”.

Com direção de Gil Inoue e Gabriel Dietrich, o clipe é todo colorido amostra performances de artistas de oito coletivos LGBT brasileiros.

A música trás batidas eletrônicas e sintetizadores, acompanha uma letra contundente que fala sobre a importância de sempre reafirmar quem somos e não termos vergonha de nossa essência. Tem também a mensagem de que somos todos iguais independente de raça, gênero e sexualidade.

Os artistas queer do clipe “Etérea”

O clipe foi feito como um alerta contra a homofobia e a transfobia. O Brasil é o país que mais tem homicídios por homofobia e transfobia e o vídeo é um jeito de fazer um protesto contra isso.

Criolo fala um pouco sobre a comunidade LGBT, “Esta população, apesar de estar no topo de todos os atos de violência e morte do planeta, continua a celebrar sua existência e cultura, através de grupos de resistência contra a opressão”.

O artista fala também sobre o novo single. “É uma ode à arte queen em todas as suas expressões e homenageia os artistas e intérpretes, que diariamente lutam contra o preconceito e a ignorância”.

Criolo lembra “É possível construir uma sociedade mais justa, um ambiente onde as pessoas possam se respeitar. O medo não pode vencer a liberdade”.