Por volta de um ano e quatro meses. Esse é o tempo que Tiago Iorc ficou afastado da música e das redes sociais. E ele acaba de voltar triunfal e de surpresa.

Sem nenhum aviso, no primeiro minuto do Domingo, 5 de Maio, o cantor liberou nas plataformas digitais o seu novo álbum “Reconstrução” pela Universal Music. E o mais bacana, um vídeo para cada uma das 13 faixas no seu canal do You Tube.

Todas as músicas do novo projeto são autorais e falam sobre sentimentos, reflexões, amor, sexo e autoestima. A produção foi por conta da dupla Roberto Pollo e Mario Caldato Jr.

A música que abre o disco é “Desconstrução”. Ela traz poesia para falar de uma garota que já teve depressão e usou as interperes da vida para se conectar com seu íntimo e se reerguer.

Capa de “Reconstrução”

Algumas dessas canções são mais reflexivas e incentivam nós a sempre seguirmos em frente. “Laços” é um convite para que vivamos de cabeça erguida sem medo de sermos felizes, enfrentando os nossos medos e reaprendendo a se reerguer sempre.

“A Vida Nunca Cansa” nos dá esperança de que tudo vai dar certo, é só deixar o tempo curar tudo e aprender a ser forte por dentro. E a talves mais bela do álbum todo (a preferida de quem vos escreve), “Bilhetes” emociona muito ao falar do desejo de ser feliz e de que tudo acontece ao seu tempo.

No novo trabalho de Tiago, vemos um dos sentimentos mais belos de todos como tema, o amor. “Hoje Lembrei De Você” fala sobre aquele amor que marca a gente para vida toda e que pode curar mágoas. Sempre bom lembrar da pessoa amada.

E quem nunca se sentiu em paz nos braços de alguém? É disso que trata “Nessa Paz Eu Vou”, uma canção toda gostosinha de ouvir. “Fuzuê” lembra aquela pessoa que sempre bagunça e causa na nossa vida. Mas mesmo assim te dá muito amor. Uma verdadeira declaração de amor daquelas.

E é claro que Iorc, não poderia deixar de lado a temática do sexo.”Faz” traz um jogo de palavras bem interessante, sobre aquela pessoa que além de tocar você na alma, traz sensualidade e erotismo, mexendo com todos os seus sentidos.

Agora falemos um pouco dos clipes. Tiago Iorc e Rafael Trindade foram responsáveis por dirigir cada vídeo e escreveram o roteiro junto com Maria Elena Morãn. Os videoclipes são cheios de emoção e ajudam a contar a história de cada canção.

Os 13 juntos contam uma bela jornada de resgate da auto estima para poder seguir em frente. As produções, contam a saga de uma mulher vivida por Michele Alves. Ela passou por muitos altos e baixos na vida e até enfrentou uma depressão.

Com o tempo aprendeu a se conhecer melhor e a conseguir enfrentar os seus traumas e anseios. E durante este caminho teve o apoio de um grande amor interpretado por Tiago Iorc. Assim a garota se reinventou, deu a volta por cima e se reergueu.

Realmente valeu muito a pena esperar tanto tempo para sermos presenteados por um lindo álbum de Tiago Iorc.

Através das canções é possível perceber como este tempo afastado e morando nos Estados Unidos, fez bem para Tiago como pessoa e como artista. Como compositor trouxe letras mais profundas e com mensagens que nos emociona, nos faz refletir e nos faz ter esperança. Tudo isso se torna ainda mais belo com a voz impecável deste cantor, que sabe usar com maestria seu instrumento precioso para a arte da música.

Arrisco a dizer que é o melhor álbum da carreira de Tiago Iorc. Um presente para todo o seu público fiel, que em nenhum momento esqueceu de seu artista querido.