Texto e entrevista por André Rossanez

O Portal Me Gusta, teve a honra de entrevistar as irmãs gêmeas Júlia e Rafaela. A dupla que está conquistando cada vez mais o Brasil, me recebeu na sede da Universal Music em São Paulo.

Muito alto astral e simpáticas, as meninas estavam muito animadas e felizes. Elas me contaram um pouco da história da carreira delas, suas inspirações, como é trabalhar entre irmãs e detalhes do novo EP “Despertar – Ensaio” e do single “Cancela Essa Briga”.

EP “Despertar – Ensaio”

A Música

A música é muito presente na vida das irmãs desde crianças. Rafaela conta “A gente tinha cinco anos de idade e morava em Campo Verde no Mato Grosso, e fomos criadas na fazenda. Sempre que meu pai levava gado para outras fazendas de caminhão a gente ia junto e ele escutava muito Gino e Geno e Teodoro e Sampaio, e a gente decorava todas as músicas e cantava e meu pai sempre gostoava, achava legal”.

Julia lembra os primeiros passos no mundo da música. “Uma vez me inscrevi no festival de música na minha escola, mas por causa dos prêmios. Eu não estava nem aí se estava cantando ou não, eu tava brincando e não ganhei. Depois de um tempo eu e a Júlia estamos vendo novela, que era “A Favorita”, e a gente escutou a música “Beijinho Doce” com a Patrícia Pillar e a Claudia Raia e a gente começou a cantar junto. A nossa mãe falou “nossa que lindo vocês cantando juntas” e no outro ano a gente cantou essa música as duas juntas num festival. Não tinha nem a noção de primeira e segunda voz, nem sabíamos de nada disso. A gente ficou em primeiro lugar e depois a gente cantou nesse festival em todos os anos. Aos 10 anos entramos em aula de canto”.

Depois disso elas cantaram em igreja até os 12 anos. Quando tinha uns 13 anos as mulheres começaram a explodir no sertanejo e Camila, a irmã delas, deu a ideia de um canal no YouTube e elas toparam. Os vídeos então, atraíram as atenções da produtora Lobo e da Universal Music.

Segunda Voz

Perguntei para Julia, como foi o processo decisão de fazer a segunda voz na dupla. Ela contou em detalhes.

“No último festival que a gente cantou, aos dez anos, cantamos “Agenda Rabiscada” e perguntaram quem iria fazer a segunda voz. Alguém precisava fazer eu resolvi “ou fazer”. aí o nosso professor de canto da época falou que eu ia começar a fazer e depois nunca mais ia parar. E em cada parte da música ele foi me explicando como eu tinha que fazer e o tom. E eu me apaixonei”.

E ela também contou que foi fácil aprender, pois sempre foi muito intuitiva para música. Inclusive ela aprendeu a tocar violão sozinha.

Escolha De Repertório

A dupla também contou como foi a escolha de repertório do novo EP “Despertar – Ensaio”.

Elas escutavam as músicas e vião quais as arrepiavam mais e percebiam quais tinham mais a ver com a identidade musical da dupla.

Contaram também com a ajuda do produtor do EP, Ivan Miyazato, para escolherem as cinco músicas, em uma lista inicial de quinze.

Foto: Divulgação

Sucesso

Eu eu quis saber também das meninas, como eram para elas terem alcançado sucesso tão novas. Rafaela frisou “É muito bom, mas a gente não sofre tanto por ter 17 anos, nem eu mesmo me considero com 17”.

Júlia lembrou que também tem a parte difícil. “É difícil para gente ficar longe dos nossos pais, a gente teve que mudar da fazenda. Às vezes a gente tem saudades e passa por perrengues. De vez em quando, a gente conhece pessoas que não são tão legais, porém a gente recebe muito carinho e muito apoio de quem acompanha a gente”.

Sobre trabalhar entre irmãs, Júlia conta “a gente pensa muito igual não tem, muita dificuldade”. Raramente elas discordam e sobre isso Rafaela diz “às vezes rola umas discussões, mas a gente se entende. Às vezes a gente nem percebe. Nem precisa pedir desculpas, do nada a gente tá conversando normalmente”.

“Cancela Essa Briga”

A irmã Camila e a equipe da dupla, ajudaram bastante na escolha de “Cancela Essa Briga” como a música cargo chefe do trabalho. Assim que pensaram na faixa, enviaram a ideia para a Universal Music que adorou e comprou a ideia.

Rafaela conta que a escolha foi certeira e caiu no gosto do público. “Quando a gente lançou, a galera aceitou. Até hoje já passou de 1 milhão de visualizações no You Tube. E a gente ficou muito feliz, porque realmente aceitaram. A gente fez a escolha certa”.

Fãs

A relação de Júlia e Rafaela com os fãs é muito bacana. As duas interagem muito com o seu público e sempre conversam com os fãs. É um contato bem direto. Elas fazem questão estarem perto de quem curte o trabalho delas.

Sobre os fãs Julia frisa, “considero família”. E Rafaela assina em baixo.

Foto: Facebook

Inspirações

As meninas tem como referências e inspirações musicais diversos artistas. se inspiram muito em Teodoro e Sampaio e também na dupla Gino e Geno.

Dos sertanejos atuais, curtem muito o trabalho de Matheus e Kauan, Zé Neto e Cristiano e de todas as mulheres do sertanejo, que as inspiram demais.

E fora do sertanejo, vêm Beyoncé como grande inspiração.

Cantores Novos

O que as irmãs dizem para quem está começando?

Júlia enfatiza “Não desista, sempre acredite em você. Procure evoluir em tudo que você faz e não deixe de acreditar”.

Rafaela completa, “Críticas tem. Muita gente para de cantar por ter muita crítica. Mas também vai ter muita gente que vai gostar do seu trabalho. Acredite em si mesmo, sempre”.

Próximos Passos

Sobre os próximos passos da carreira de Julia e Rafaela, muita coisa bacana vai acontecer, porém ainda é segredo.

O que elas podem nos adiantar, é que em breve teremos um novo projeto, que já está sendo gravado e preparado.

Foto: Divulgação

Foi muito inspirador conhecer duas artistas tão jovens, mas tão maduras. Elas vivem intensamente a música e ao falarem sobre o seu trabalho, passam no tom de voz e no olhar o quanto amam o que fazem e o quanto adoram os fãs.

Não resta dúvida de que elas vieram para levar a música sertaneja ainda mais longe, com frescor e muita música de qualidade. E podem escrever aí. Serão uma das maiores e melhores duplas do Brasil. Inclusive, já estão no caminho. Sucesso!

Eu com Júlia e Rafaela após a entrevista