Marina Lima, que completa 64 anos em 17 de Setembro, terá sua linda história contada no documentário “Uma Garota Chamada Marina”.

A produção dirigida por Candé Salles irá estreiar em Outubro no Rio de Janeiro no Festival CineOut Jazz no planetário da Gávea. No dia 17 o filme será exibido para convidados e do dia 18 ao 20 será aberta a exibição ao público.

Cartaz do Documentário

O documentário vai relembrar momentos importantes na carreira e na vida de Marina Lima, que começou a conquistar a todos com suas composições e sua voz em 1979.

O diretor, amigo e ex marido de Marina, fez o registros da cantora durante 10 anos e segundo ele “Tive a sorte de acompanhar um período rico, de muitas mudanças”.

Candé também revela “Filmava com o que tinha na hora: do VHS, passando por câmera sofisticada, até o meu celular mesmo”.

Reprodução : Instagram

Marina Lima dedica o documentário. “Esse filme é dedicado aos ‘Grunkies’, como chamo os amigos alternativos, os loucos mesmo. É uma tribo de gente que pensa igual, tem muito talento, mas não quer se enquadrar. Quer ser livre. Essa é a minha turma”

Dia 17 de Setembro, antes do lançamento, o documentário será exibio apenas para convidados em São Paulo. E em 2020 no mês de Janeiro, vai passar no canal à cabo, Curta.