Um pouco mais de oito meses após ficar em segundo lugar na oitava edição do programa American Idol, Adam Lambert lançava o seu primeiro álbum “For Your Entertainment” em 23 de Novembro de 2009.

Lançado pela RCA (com distribuição da Sony Music no Brasil), o disco foi um grande sucesso de público e critica vendendo mais de 2 milhões de cópias no mundo. São 13 faixas mais uma bônus produzida por Dr Luke, Max Martin Rob Cavallo, Linda Perry, entre outros.

Para a estreia, Adam trouxe um álbum Pop com influências do R&B, da Música Eletrônica, do Europop e principalmente do Rock. Nos Estados Unidos o trabalho estreou de cara em terceiro lugar no Top 100 da Billboard e foi muito bem definida pela de The Huffington Post como um clássico instantâneo.

O primeiro single “For Your Entertainment”, mostrou bem o que poderíamos esperar do disco, o que provavelmente fez com que ela se tornasse o nome dele. Uma música bem dançante que mostra toda a potencia do Adam e com bastante guitarra, algo típico tanto do Rock como do Europop.

Outro grande sucesso e que foi música de trabalho é “Whataya Want From Me”. E ela foi um presente da cantora Piknk que a compôs pro disco e se tornou uma canção aclamada pela crítica e uma das mais icônicas pelo público.

O terceiro single “If I Had You”, ao ser lançada ficou entre as dez primeiras posições em países como Austrália, Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia e Finlândia. A música, que é a favorita de quem vos escreve, é cheia de sintetizadores (típico do Europop) e cheia de atitude.

Algo que Adam Lambert sabe muito bem fazer são os agudos. Isso vemos em “Music Again” sobre um amor avassalador e que tem guitarra bem pesada e agudos muito bem encaixados. Também vemos isso em “Sure Fine Winners”, O que é uma das melhores músicas do CD que tem uma pegada bem rock. Uma música que poderia muito bem ser gravada por uma grande banda, bem roqueira.

Uma música que me arrepia todo sempre que escuto (e imagino que pra muitos) é “Soak”. Acompanhando Adam temos o som do piano, que junto à interpretação visceral do cantor e a letra, faz dela uma canção linda e muito emocionante.

Destaque para “A Loaded Smile”, um tema que nos faz nos sentirmos mais leves. Nela, Adam usa sua voz de uma maneira mais aguda e isso junto a distorções no arranjo, a torna ainda mais envolvente. Uma das mais belas canções da carreira do artista.

Até a Lady Gaga (com Jeff Bhasker) compôs para Adam. “Fever” é bem sexy e mostra todo potencial vocal do cantor. É bem a cara da nossa Gaga e casou muito bem com este disco e com a sonoridade de Lambert.

Muitas vezes nos sentimos perdidos e uma música que nos faz lembrar que para tudo tem solução é “Aftermath”. uma faixa bem pop rock de encorajamento que fala que não importa que queiram nos puxar para baixo, sempre podemos conseguir tudo o que desejamos e dar a volta por cima.

O bônus do disco fez parte da trilha sonora do filme “2012”. “Time For Miracles” é simplesmente linda e gostosa de ouvir. Uma faixa inspiradora sobre pequenos milagres do dia a dia.

O sucesso do álbum foi tão grande que nos Estados Unidos ele ganhou uma Deluxe Edition com quatro canções extras (“Master Plan”, “Down The Rabbit Hole”, “Voodoo” e “Can’t Let You Go”), todas elas empolgantes, que conversam muito com as outras canções e com grande influência do Rock. A turnê do álbum ganhou também um CD e DVD ao vivo, o “Glam Nation Live”.

O disco de estreia de Adam Lambert é bem moderno para a época em que foi lançado, por trazer diversas referências diferentes e principalmente por suas pitadas de Rock’n Roll. Tudo isso fez com que o artista pudesse imprimir bem a sua identidade musical.

É também um trabalho que abriu outras portas para Adam. Junto com o seu segundo disco, o artista chamou mais ainda a atenção do grupo Queen, que inclusive já tinha tocado com ele na final do American Idol. Graças ao seu talento e sua voz, anos depois, Lambert foi chamado para fazer shows como vocalista do Queen e até hoje, vira e mexe, eles fazem turnês juntos.

Um disco icônico até hoje, um dos favoritos dos fãs de Adam Lambert e muito importante e impactante para o Pop e pra música mundial.