Tiziano Ferro lança pela Universal Music seu sétimo álbum “Accetto Miracoli”, que ele mesmo define como “fresco, honesto, energético, nascido da necessidade de me entregar a novas experiências”.

Dessa vez o artista escolheu para a produção do trabalho um dos maiores nomes do mundo em termos de produção musical, o renomado Timbaland.

Sobre seu novo disco, um dos italianos mais queridos do Brasil revela “Para mim representa um novo começo, uma mudança da qual senti a necessidade, sem no entanto ter planejado. O título parecia extremo no começo, mas certo, porque o registro fala sobre os pequenos milagres e as grandes revoluções que aconteceram na minha vida. Às vezes temos que nos render ao nosso destino, sem forçar nada e é nesse momento que os milagres acontecem e as coisas vão melhorando mais do que esperamos”.

Quando começamos a ouvir o CD, de cara já nos deparamos com duas músicas bem fortes e intensas. “Vai Ad Amarti” tem uma pegada meio R&B, com um pouco de Trap e reforça a importância do amor próprio.

Já “Amici Por Errore”, apresenta um arranjo muito bem construído e maduro com instrumentos de corda, acompanhados por uma interpretação emocionada e visceral. Uma música sobre amizade fortalecida por problemas durante um relacionamento.

Para participar do disco foi chamado um dos maiores nomes da música italiana, o cantor Jovanotti, uma escolha é mais do que acertada. “Balla Per Me”, mostra que as vozes dos dois combinam muito juntas. E o mais bacana é que a maneira com que essas vozes foram divididas, deu uma dinâmica nesta bela canção o que nos faz nos sentirmos livres.

E não tem nada melhor do que o amor. E este belo sentimento é expressado em “In Mezzo A Questo Inverno”, que leva a nossa emoção lá em cima. Quem já teve um amor, que ajudou a encarar ‘os invernos da vida’, com certeza vai se identificar muito com este tema.

O amor também aparece em “Seconda Pelle”. Durante os versos da canção que são falados, temos a expressão de sentimentos internos que nos consomem. No refrão, que é cantado, vem à tona os sentimentos de alguém que se sensibiliza com nossas questões e nos fortalece, ao sentir a mesma coisa que sentimos e nos amar, dando todo o apoio.

Destaque para “Le 3 Parole Sono 2”, uma canção gostosa de ouvir e cheia de atitude com backing vocals que soam como ecos. Uma espécie de conselho para sempre seguirmos em frente, com esperança, atitude e cabeça erguida, apesar de todos os problemas que podem nos abalar e que podemos sempre resolver.

Uma das melhores canções do disco, é “Buona (Cattiva) Sorte”. Arrisco dizer que é também uma das melhores da carreira de Tiziano. Uma música forte e intensa sobre a importância de termos sempre amor próprio e não baixarmos a cabeça diante de alguém ou de alguma situação.

Pra finalizar, “Accetto Miracoli” nos emociona de imediato e tem uma das letras mais belas deste trabalho e um lindo arranjo com piano e instrumentos de corda. Um tema sensível, sobre a marca que uma pessoa pode deixar em nós e como isso, junto as nossas experiências, pode melhorar a nossa vida e nossa confiança em nós mesmos. A versão em espanhol desta música tem a participação especial da cantora Ana Guerra.

Realmente esse é um dos melhores álbuns de Tiziano Ferro. O artista mais uma vez mostra porque é um dos melhores e maiores cantores da Itália, em toda sua maturidade musical.

Um disco muito inspirador e intenso, que deu à Tiziano uma maior diversidade de ritmos e sonoridades, sem que ele perdesse a sua essência. Todas as faixas conversam muito entre si e nenhuma se destoa.

Neste trabalho, é muito rica e positiva a maneira como o cantor se coloca diante do mundo e de seus sentimentos em cada uma das 12 músicas. Tiziano Ferro com suas mensagens positivas, nos inspira a levar a vida com mais leveza e sempre acreditando muito em nosso potencial e no amor, para sermos felizes e passarmos pelos obstáculos da vida.

O álbum também ganhou uma versão toda em espanhol (“Acepto Milagros”) e pode ser encontrado em CD, disco de vinil e nas plataformas digitais de música.