O rapper gospel Biorki teve uma iniciativa muito bacana e sensível para lançar o seu novo single “Céu” ao lado de Kivitz. O clipe da canção foi concebido com temática LGBTQI+ e incentiva a todos a lembrarem que o amor é o mais importante.

O vídeo da canção composta pelos dois artistas e com beats de Rato Reverso é muito bacana e foi dirigido por Erick Garcia. A produção foi gravada nas cidades de São Bernardo do Campo e Santo André, no ABC paulista e conta a história de um homem gay que decide tomar todas as rédeas de sua vida, inclusive se vestindo como tem vontade. Ele também ostra que o amor é o mais importante e que Deus não faz distinção de ninguém e que os homens devem fazer o mesmo, amar ao próximo sempre.

screenshot_20200310-211058~2936487131185612336..png

Sobre como surgiu a pareceria com Kivitz, Biorki conta “Eu o conheci num evento em Santa Catarina, mas tanto eu quanto ele já conhecíamos o trabalho um do outro. Foi engraçado porque, quando nos encontramos, descobrimos que  já recebíamos cobrança do nosso público para fazermos um som juntos. Calhou que o “Céu” favoreceu e o som tá aí!”. E ele também fala da mensagem da canção, “A ideia central da é que o céu tem resposta pra qualquer dilema. Queremos dizer que nesse mundo maluco em que vivemos parar para olhar e ouvir o que o céu tem a dizer é essencial”.

Biorki

Natural de Campinas, interior de São Paulo, Marcelo Biorki do Espírito Santo, hoje com 39 anos, iniciou sua carreira na música na década de 90. Ele foif undador do extinto grupo Shekinah Rap que despontou em 2005 e teve grande repercussão no cenário do Rap Brasileiro. Um ano após o encerramento do grupo e de um hiato de um ano, Biorki lançou um projeto paralelo, a banda DigitalBomb.

Em julho de 2018, Biorki lançou seu primeiro trabalho solo, o disco “#simplicidade”. O artista acredita que o Rap pode ser também uma ferramenta de lapidação dos jovens e há aproximadamente 20 anos vem usando pelo país o hip-hop como ferramenta para isso. Durante cinco anos, o cantor realizou um excelente trabalho em unidades da Fundação CASA (antiga FEBEM), em várias cidades do estado de São Paulo. E ele participou do projeto “Liberdade dos Meus Versos”, que atende os adolescentes inseridos no sistema socioeducativo, levando a eles a arte e cultura originária das ruas, o hip-hop. Em 2015, ele havia lançado o livro de mesmo nome pela editora LiteraRUA.

No segundo semestre de 2019, Biorki  assinou contrato com a Universal Music e em dezembro, apresentou a música “Cristo Sarau” que ganhou um videoclipe dirigido por Michel da Silva e que narra o nascimento, a história e a ressurreição de Jesus Cristo.