A tão aguardada parceria entre Sebastián Yatra e Ricky Martin. “Falta Amor” chega com tudo pra emocionar e com um vídeo intenso e visceral.

O clipe dirigido por Carlos Pérez mostra os dois cantores em um galpão abandonado em um mundo apocalíptico onde pessoas parecem lutar pra sobreviver e também contra uma doença ou vírus ao usarem máscaras pra bocas e nariz. Uma produção que parecia prever o caos da Covid-19.

screenshot_20200326-224605~22952473459898019702..png

Sobre a parceria, Yatra revela “Este vídeo é o melhor de minha carreira e Ricky levou a canção à outro nível. Ficou brutal”. O cantor também revelou que esta canção é especial e faz um balanço sobre a mensagem da letra. “Talves nos falte amor, mas estou seguro de que a fé, a esperança e empatia vão nos ajudar a resgatar isso do qual sentimos tanta falta. Deus tem o seu plano”.

Ricky agradeceu ao amigo e parceiro. “Que grande prazer colaborar contigo nessa canção, irmãozinho. Muitas coisas boas estão a caminho”.

Sebástian conta que este “vídeo é como uma premonição” e que ele segue em casa isolado devido à crise do Corona Vírus, Sobre este momento ele revela “Como todos, tenho bons e maus momentos com isto . Mas em geral estou aproveitando para fazer o que é importante para todos. Estar com a família, ter momentos de introspecção e penar no que está acontecendo”. Ele completa que está disposto a cumprir o isolamento e fazer “tudo que seja necessário” para acabar com este vírus e retomar sua carreira. Ele ainda conta que tem planos de fazer shows pela Europa e na América Central.

Esse novo single que fala de desamor, é uma mistura do romantismo que fez parte do início de carreira de Sebástian Yatra com um toque de Pop e mostra a versatilidade do cantor. A letra é de Yatra junto à Andrés Saavedra e Maurício Rengifo. A canção está presente no disco “Fantasia” em uma versão solo. Desde o começo, foi pensado em Ricky para cantar esta faixa, mas por motivos de agenda não tinha dado certo, mas agora rolou e o resultado ficou incrível, especial e emocionante.

Vamos a renacer más fuertes que nunca”, as