Por André Rossanez

Uma das duplas mais amadas da música Pop Latina, Jesse y Joy lançam seu quinto álbum “Aire” pela Warner Music, com canções que mais uma vez vão arrebatar nossos corações e que comemora os 15 anos de carreira. Um trabalho maduro e muito gostoso de ouvir do começo ao fim.

No novo trabalho produzido por Jesse ao lado de Martin Terefe (Coldply, James Blunt), Charlie Heat (Madonna, Kanye West) e Poo Bear (Justin Bieber, Anitta), os irmãos quiseram mostrar a felicidade presente atualmente em suas vidas, extrapolando a individualidade deles e as transformando numa mesma energia, que se complementa. Tudo isso com muito frescor e alegria.

Sobre o novo disco, eles contam “Se passaram cinco anos desde o lançamento de ‘Un Besito Más’, um projeto carregado de emoções e nostalgia, um álbum em que fizemos homenagem a uma das pessoas mais importantes da nossa vida: nosso pai. Foi este mesmo sentimento de nostalgia que deram lugar a uma extensa turnê em diferentes partes dos mundo, nas quais pudemos deixar muito de nós em cada show, uma turnê em que pudemos curar esta perda e agora dar esse passo para uma nova etapa da nossa carreira e comemorar a vida, um novo Aire”.

Já no início do álbum nos deparamos com “Aire”, faixa que dá nome ao disco e que tem uma pegada bem Pop e com um som de arranjo diferente de outras canções da dupla, com elementos diversos que formam uma melodia empolgante. E que delícia é “Alguien Más”, single que chegou junto ao lançamento do novo trabalho e que vem com uma pegada Pop Eletrônico, meio misturado com Música Urbana.

E claro que os outros quatro singles, tanto amados pelos fãs, não poderiam ficar de fora. “Te Esperé” é mais uma daquelas músicas românticas que ajudaram a consagrar os irmãos e que fala de amor de forma linda e emocional, e a lá ‘cortavenas’ (corta veias) como dizem na música latina. E J Balvin faz uma participação daquelas em “Mañana Es Too Late”, que fez o cantor de Reggaeton sair de zona de conforto, e cantar um Pop mais swingado. Uma canção que junta artistas tão diferentes, mas que combinam muito juntos. Como resultado, uma unidade musical de todos eles e com a cara deles.

E como não amar “Lo Nuestro Vale Más”? Uma canção, mais pro lado do Folk e que nos inspira, nos faz acreditar no amor e nos envolve com seu ritmo bem gostoso e marcado. Não podemos desacreditar, o amor sempre florescerá. E a dupla chamou o fenômeno latino Luis Fonsi para os acompanhar em “Tanto”, uma canção com bastante guitarra em sua base. A junção das três vozes, ficou muito gostosa de ouvir.

Destaque para “Fuego”, cheia de
atitude e que chega com uma cara bem latina e com diversos instrumentos como teclado, piano, mellotron e cordas, formando um arranjo bem diferenciado. E com um backin’ vocal muito bem pensado e executado por Jesse, enquanto Joy canta. E mais uma vez, elementos eletrônicos aparecem, desta vez em “Bésame (Como Un Pez)” que dá mais uma vez novos ares ao som de Jesse y Joy. Uma faixa encantadora com muita guitarra elétrica e vibrante, good vibe.

E não posso deixar de ressaltar a canção “Valió La Pena”. Ela trás a voz do Jesse como principal, algo que poucas vezes acontece. É muito especial poder ouvir mais a voz gostosa, marcante e potente dele, que usa sua extensão vocal muito bem. Além de ser uma canção muito leve e pra cima, o que a torna mais especial ainda.

Este disco de Jesse y Joy é simplesmente encantador. Um dos melhores trabalhos dos irmãos e que deu uma renovada no som deles, sem perder a essência. Foi muito legal eles incorporarem elementos eletrônicos ao seu Pop, com seu lado latino sempre aparecendo ao logo do novo trabalho.

Destaque para os arranjos bem maduros, que conversam muito com os timbres de vozes dos dois e que foram muito bem elaborados e pensados. Jesse y Joy estão de parabéns e não resta dúvida, de que será mais um álbum de muito sucesso.