Por André Rossanez

Uma das maiores e mais promissoras cantoras do Pop Nacional, Day lança seu novo EP “A Culpa É Do Meu Signo” produzido por Los Brasileiros, pela Universal Music.

Com o novo trabalho que trás temas como estagnação, medo de envelhecer e até mesmo sua relação com Deus, a cantora revisitou temas sombrios que a machucaram de alguma maneira em seu passado. Sobre o processo de produção, ela conta “Compor este trabalho foi difícil, mas libertador. Hoje, ele representa uma sensação de lar, de que tudo vai ficar bem. Espero que as pessoas se identifiquem e se sintam confortadas”.

Fotos: Bruno Trindade

Day bebeu de influências do Emo, Rock e Pop como Avril Lavigne, Simple Plan, Paramore, Taylor Swifit e Blink 182, escolhas ligadas diretamente a momentos felizes da vida dela e que não podiam, segundo ela, ficar de fora de seu trabalho mais autêntico até hoje. “Ouvir esses estilos musicais e estes artistas me faziam sentir vontade de sonhar, de querer viver da música. Me dava uma sensação de liberdade”, conta ela.

Logo de cara “Geminiana”, que já é um grande sucesso de Day, aparece com sua letra e melodia envolventes para falar sobre amor e a personalidade forte de um geminiano. Não tem como não adorar este hit. E o single “Jurei Que Não Ia Falar De Amor” fala de Deus e a relação da artista com ele, com uma letra muito bem construída e um arranjo encorpado que vai crescendo e se desenhando ao longo da música, chegando no refrão com intensidade.

screenshot_20200620-211637~27208966857444298148..png
Capa do EP

Uma das faixas mais maduras é “O Que Você Contradiz”, em que Day explora muito bem sua voz, chegando a tons mais agudos, na medida certa e com suavidade. E como não se apaixonar por “Metamorfose”? Empoderada, nos inspira a sermos seguros de nós mesmos e aproveitarmos cada evolução que ganhamos com nossas vivências e sem deixar o medo vencer e com amor próprio, sem admitir ter menos do que merecemos. Destaque para “Paradoxal”, que foi a última a entrar para o EP e que fala de como amadurecemos e vemos, que quando somos mais novos, somos apressados e não vemos que não temos o controle de tudo e nem imaginamos como podemos ser fortes. Além de nos fazer pensar, como às vezes é difícil achar nosso lugar no mundo, mesmo mais velhos, mas que sempre podemos achar um norte e nos reinventar e nos fortalecer.

Com muita verdade, letras muito bem escritas e arranjos muito bem elaborados e maduros, Day nos presenteia com um EP inspirador, gostoso de ouvir do começo ao fim e que todas as músicas conversam umas com as outras. A artista usa cada vez melhor sua linda voz e isso vemos nesse trabalho impecável. Por essa e por outras que Day é uma das melhores cantoras que apareceram nos últimos anos, além de uma artista muito criativa e inteligente, que tem uma conexão tão bacana com seu público.

Fotos: Bruno Trindade

Extra – Não deixe de conferir a entrevista que a Day deu para o Portal Me Gusta e que está no You Tube pelo link: https://www.youtube.com/watch?v=_15mhZxtux4