Insprado pelo sol dos fins de tarde das ruas perfeitamente alinhadas de Brasília, Junin se joga numa nova jornada em paralelo a Banda Lupa (do qual é baterista) e lança o single solo “Atenção”.

O clipe da música já está no ar e mostra Junin cantando com seu violão em uma atmosfera intimista e cheia de emoção. Uma linda primeira vez que o artista multi-instrumentista assume os vocais e o lugar de compositor, celebrada com um belo vídeo. A direção é de Lucas Tobias.

Foto: Julia Bandeira

Inspirado no plano sequência, o clipe acompanha a simplicidade crua que embala a música. “Queria que o clipe refletisse a pureza da música da melhor forma, então chamei todo mundo lá pra casa e montamos um cenário na mesma sala onde escrevi a canção. Queria levar os fãs para o momento em que eu estava quando compus”, explica Junin.

Sobre a faixa, o cantor revela “Atenção fala sobre aquele momento de um relacionamento em que as duas pessoas já entenderam que acabou, mas ainda não tiveram coragem de dar o próximo passo. É sobre o momento em que você vê a pessoa se afastando, mas ainda tem esperança de que tudo volte a ser como antes e por isso pede um pouco de atenção”.

E ele ainda completa, “Gravei tudo em casa, música e videoclipe, e foram os processos mais simples com os quais já trabalhei até hoje. Quero levar essa simplicidade caseira para as pessoas que, assim como eu, usam a música como terapia em momentos tão difíceis. Cantei olhando pela janela e me senti inspirado e abraçado por toda aquela atmosfera. Quero que a minha verdade e sentimento possam entrar na vida das pessoas, quero que elas sintam isso quando ouvirem o resultado”.

Foto: Julia Bandeira

E as novidades não param. O single é o primeiro de um projeto de quatro canções compostas por Junin, com lançamento ainda para 2020. Explorando um outro lado de sua criatividade, o cantor e multi-instrumentista se inspira em grandes nomes para criar seu som pessoal: “Sou músico desde os oito anos de idade e essa é minha primeira composição. Bebi muito da fonte da MPB enquanto desenvolvia minhas características artísticas. Tenho como ídolos grandes autores que falam de uma maneira linda sobre o amor. Caetano Veloso, Dorival Caymmi, Tom Jobim. Mas também fui influenciado por diversos outros estilos e acho que sou como um esponja que passou a vida toda absorvendo essas inspirações e agora quer colocar tudo para fora”.

E é muito importante lembrar que a carreira solo de Junin não interfere em nada os planos com seus companheiros de banda. “A Lupa é minha paixão e os dois projetos se abraçam e são parte de uma mesma energia”, tranquiliza ele.

Foto: Julia Bandeira

O Portal Me Gusta sempre apostou e aposta todas as fichas na Banda Lupa e agora aposta e continuará apostando as fichas pra parte solo de Junin. Um artista completo, talentoso e muito carismático, além de um grande compositor. Certeza que será um lindo caminho e vamos curtir cada vez mais e muito o som de Junin, tanto sozinho como junto à Lupa.