Wanessa Camargo em Setembro de 2019 revelou que iria começar uma nova fase musical, onde resgataria o Pop que a consagrou. E foi aí que lançou o single “Vou Lembrar”.

Realmente a cantora cumpriu o que prometeu e trouxe essa canção que é uma balada bem Pop e com sonoridade que lembra e muito, os sucessos de seu início de carreira. Inclusive ela resgatou parcerias daquela época. Jason Deere, seu parceiro de longa data (e responsável por seu primeiro single da carreira) foi o compositor da letra original em inglês, que ganhou a versão em português de Wanessa com Marcinha Araújo. E a produção foi por conta do prestigiado César Lemos (também que a produziu lá no começo).

Um pouco mais de um ano depois, e após singles divulgados, no dia 09 de Outubro Wanessa lança pela ONErpm o novo álbum “Universo Invertido”, comemorando seus 20 anos de carreira. O nome do disco é inspirado em simbologias, astrologia e o contato de Wanessa com o lado místico (lembrando que ela se iniciou na cabala na década passada).

O novo trabalho chega para mostrar a evolução da cantora através de suas músicas, que juntas contam uma história do início ao fim. Suas narrativas falam da vida de Wanessa e sobre a busca pelo amor próprio, passando por momentos onde a cantora quis desistir, conflitos de relacionamentos (de amor ou familiares) até o momento atual onde ela está muito bem com ela mesma.

A artista conta, “O conceito desse álbum e toda a sua criação por trás, traz muitos significados, que eu quis colocar inclusive para que os meus fãs se aproximem ainda mais de mim através do mistério – e descubram coisas da minha vida que ninguém ainda sabe! O ‘Universo Invertido’ é um pouco da minha história dos últimos cinco anos, e na comemoração que estamos passando juntos na minha carreira, haverá muitas coisas que eles ainda irão descobrir”.

Capa de “Universo Invertido”

Como dito antes, algumas faixas já são bem conhecidas do público. Destaque pra “Desiste Não” que é uma da canções mais lindas da carreira da cantora e que incentiva a todos a não desistirem dos sonhos e metas, pra a balada Pop “Cuida De Mim” sobre aquele amor que deu certo e te faz se sentir amado e realizado e pra singela declaração de amor “Incapaz” que chega com um arranjo Pop, com um pequeno toque Country nas entrelinhas e que tem uma letra madura, feita por Wanessa ao lado do pai Zezé di Camargo e de Liah Soares.

Até a separação dos pais, inspirou a artista. Através dessa experiência, ela se uniu a Liah Soares e escreveu “Por Favor” que de forma bem sensível fala sobre superar um fim de relação com muito respeito e tendo sinceridade no coração.

Wan, como seus fãs carinhosamente a chamam, se inspirou também na música latina e no sucesso que ela faz com a comunidade latina. Ela se juntou à mexicana María León em “Inquebrável”, uma canção emocionante ao piano, sobre superar os obstáculos sem medo. A faixa é bilingue em espanhol e português, sendo a versão da original gravada pela própria María em espanhol. Wanessa conta”A gente criou uma amizade linda e ela me mostrou essa música que ela tava gravando em uma versão bem balada e eu quis fazer essa versão, em outra pegada, falei que ficaria linda no piano e ela permitiu”.

Em falar em cultura latina, alguns anos atrás Wanessa Camargo foi a primeira brasileira a gravar um Reggaeton e neste disco, a artista trás mais um tema neste gênero. É o single “Sozinha” que fala, segundo a cantora, sobre a “realização de uma mulher consigo mesma depois de um longo processo de evolução”.

Foto: Hyan Pereira

E mais duas canções falam sobre empoderamento feminino e sobre a mulher guerreira que sabe o que quer e é independente. “Nem Ela, Nem Eu” é uma faixa poderosa sobre duas mulheres que se envolveram pelo mesmo homem que as enganou e no fim, nenhuma ficou com ele. Já “Lábios De Navalha” trás um alerta muito sério, o de a mulher não permitir nenhum tipo de agressão e de relacionamento tóxico, inclusive o denunciando. Um hino contra a violência doméstica e psicológica e a favor da independência da mulher.

As músicas inéditas do álbum também são poderosas e cheias de atitude. Impossível não se apaixonar por “O Segredo” que lembra da importância do amor próprio e que tem um arranjo alegre, que remete a algo meio ‘jungle’, meio som da selva e com batidas bem marcadas por percussão.

Trazendo uma estética puxada pro Folk que mistura um toque de fim da década de 80, começo da de 90 com uma batida Pop moderna, “Nosso Som” conquista em cheio o ouvinte e o faz querer se divertir e dançar.

E em fala em se divertir, “Me Perder” fala sobre a importância de depois de tanto trabalhar e se estressar com a rotina, sairmos por aí, se jogando na noite sem hora pra voltar e sem se preocupar com que os outros vão pensars. Impossível não sair do chão e não se identificar. Uma música Pop do jeito que a gente adora!

Fotos: Hyan Pereira


Sobre o disco, Wanessa Camargo conta “É pessoalmente muito especial. É um trabalho muito autoral, pela primeira vez na carreira estou dando muito foco para algo que eu compus. Isso é algo que eu quero muito mostrar”. E realmente percebemos muito tudo isso com cada uma das canções que compõem este lindo projeto. Vemos a personalidade desta grande artista que nunca tem medo de se jogar e fazer o que seu coração manda.

Wanessa também salienta, “São histórias que são muito pessoais pra mim. É tudo sobre identificação, de certa forma a gente consegue se conectar melhor. Eu tô muito feliz e tenho certeza que esse resgate do público que estava com saudade vai ser muito legal”. Essa verdade nas músicas inspira todos nós, além de trazer grande identificação seja por algo que vivemos ou que presenciamos com quem está a nossa volta.

Foto: Hyan Pereira

Antes do lançamento, Wanessa revelou “Eu sei que alguns fãs vão ficar um pouquinho chateados de ouvir algumas canções que eles já conhecem nesse álbum. Mas o que eu quero que o meu público entenda é que agora eu sou uma artista livre e independente, então eu faço aquilo que eu desejo sem me preocupar com questões mercadológicas”. Tenho certeza de que todos entenderam o fato de ter faixas conhecidas e, pelo menos no geral, achou isso muito bom pois todas essas músicas conquistaram e muito os fãs e estes não gostariam de jeito nenhum que alguma delas ficasse de fora.

Mais uma vez Wanessa Camargo não teve medo de repensar a carreira e fazer a sonoridade que representa sua verdade artística no momento. Digo que ela na verdade não mudou seu estilo, apenas o readequou de acordo com seu coração e que casou e muito com o que seu público queria ouvir. Esta nova fase da carreira é muito especial e trás uma Wanessa muito à vontade, se expressando de uma maneira que toca o coração de quem a escuta e que transmite tudo o que ela nos quer dizer e o que ela sente.

Um belo trabalho, daqueles que a gente não se cansa de escutar muitas e muitas vezes. E tem ainda mais uma novidade. O álbum “Universo Invertido” que já está nas plataformas digitais, até o final do ano ganhará edição física. E além da Standart, uma edição Deluxe com surpresas e faixas exclusivas.