Texto e Entrevista por André Rossanez

Um dos maiores nomes da Música Eletrônica atual, é o brasileiro, produtor e DJ Liu, que nos últimos anos vem conquistando cada vez mais espaço na cena eletrônica brasileira e já se apresentou em grandes festivais do nosso país e do mundo como Rock in Rio, Tomorrowland, Lollapalooza, XXXperience e Green Valley.

Seu mais recente lançamento é o single “For You”, ao lado de seu parceiro de longa data, Pynno e a cantora norte-americana Kali J. A música que fala sobre um amor puro e verdadeiro, sonhos e superação, ganhou um lindo e inspirador vídeo com direção de Diego Locatelli e Igor Selingarde.

O Portal Me Gusta teve o privilégio de entrevistar Liu via aplicativo Zoom. Falamos sobre carreira, Música Eletrônica, próximos passos e claro, “For You”. Confira o que Liu nos contou, na íntegra. Foi um bate papo muito bacana e inspirador, onde pudemos conhecer um pouco mais deste artista tão talentoso, simpático e carismático.

Portal Me Gusta: Como surgiu seu amor pela música?

DJ Liu: O meu amor pela música se consolidou quando eu tinha mais ou menos 8, 9 anos com meu primeiro violão. Um violão que meu tio me deu e eu tenho até hoje, ele é muito especial pra mim e foi quando começou. E comecei a ter a ideia de música na minha cabeça e foi aí que começou. Bem jovem e as coisas começaram a aparecer em relação à música.

Me Gusta: Como surgiu o seu lado DJ e produtor?

Liu: Eu era muito tímido na época da escola e eu tinha o meu mundinho na cabeça e dentro desse mundinho, eu tinha muitas ideias e às vezes eu queria colocar essas ideias e não conseguia, então comecei a procurar alguma coisa que me desse a oportunidade de colocar as ideias pra fora e aí que a Música Eletrônica apareceu na minha vida. Eu descobri através do estúdio e falei, ‘nossa é isso’. Foi aí que começou, foi o início.

Me Gusta: Como surgiu o single “For You” e a participação da cantora Kali J?

Liu: Queria deixar um salve pro Pynno e pra Kali J que foram meus parceiros dessa música e são artistas talentosos e que tão mandando muito bem com uma ascensão tão bonita. A parceria surgiu através do Pynno, que já conhecia a Kali. E aí, acho que cada um conseguiu agregar uma emoção na música e ajudou a chegar nesse resultado final, aonde a gente tem uma música que é muito chiclete e ao mesmo tempo tem a emoção, nostalgia, peso, sintetizadores analógicos e um drop que traz essa cara mais analógica, ela tem tudo. E acho que foi muito isso de cada um trazer mesmo o seu elemento para a música.

Me Gusta: “For You” é mais uma canção sua em parceria com o Pynno. Como surgiu essa parceria de vocês?

Liu: A gente tem a “Children Of A Dream” e a “For You” juntos. A parceria surgiu através de um amigo em comum e Pynno é de uma cidade que eu gosto muito, que é Poços de Caldas. E eu sempre ia pra lá, pra ficar de boa, curtindo e tal. E fomos produzir na cidade que a gente conhecia bem. Foi mais ou menos assim. E o Pynno conheceu a Kali e aí surgiu a segunda música.

Me Gusta: Além de produzir você compõe. Como é seu processo de composição e produção?

Liu: Depende muito. Por ser um projeto muito subjetivo, é um processo de produção que às vezes acontece, quando a gente menos espera, então tô andando na rua e vem uma ideia, por exemplo, as vezes tô tocando e chega uma ideia. É muito difícil explicar, acontece no subconsciente. A gente tá fazendo alguma coisa aleatória e de repente vem uma ideia. É muito doido.

Capa do single “For You”

Me Gusta: Você participou do projeto “Music Lives On” de música eletrônica, que também ajuda ao próximo. Como foi pra você participar do projeto?

Liu: Foi muito legal mesmo. É muito legal a gente poder usar a música e o nosso alcance pra fazer coisas boas. Eles me convidaram e eu super acatei a ideia e achei muito legal, falei ‘vamos fazer acontecer, vai ser bonito demais’. E foi muito bonito mesmo, porque todos os royalties foram revertidos pra Brasilândia. Fiquei muito feliz. E a gente fez também uma Live que converteu quase 500 kg de alimentos pra doações. Fiquei muito feliz. Foi muito importante.

Me Gusta: Pelas redes sociais e You Tube vemos como seu público é muito interativo e apoiador. Como é sua relação com os seus fãs?

Liu: Acho que a relação de fã e artista é a coisa mais linda do business musical, dessa parte da música. Porque a gente sabe que o meio musical as vezes é meio sujo, tem umas coisas que são tristes. Mas esta relação fã-artista é muito pura, verdadeira. É um amor verdadeiro que a gente tem e é muito lindo mesmo. A pandemia só fortaleceu, porque fiz muitas Lives na Switch, no You Tube e foi onde eu consegui ter um contato melhor com cada pessoa, onde consegui falar de assuntos mais sérios, como por exemplo, depressão e ansiedade e foi importante passar por isso, pois ajudou a deixar a pandemia mais leve.

Me Gusta: Como foi pra você esse momento de isolamento social?

Liu: No início foi um baque pra todo mundo, mas foi um momento, apesar de triste, bom pra gente aprender a viver com mais calma, mais tranquilidade, a ter menos pressa e foi exatamente isso que aconteceu. Aos poucos fui criando as músicas aqui em casa, alguns eventos em formato drive in que estavam rolando, a gente foi fazendo Lives também.  No fim deu tudo certo, passou a pior fase.

Me Gusta: Como você vê atualmente, a Música Eletrônica no Brasil?

Liu: É com certeza um dos melhores momentos que a Música eletrônica já viveu no Brasil, tendo tantos expoentes e virando parte Cultura Pop. E isso é muito legal, porque todo mundo ganha com isso. Acho que a Música Eletrônica hoje em dia, já tá num nível, onde você vê grandes empresas querendo fazer ações com a gente e isso é muito bom, é muito saudável. Eu tô muito feliz. É um momento muito bom pra Música Eletrônica no Brasil.

Me Gusta: Com quais artistas você gostaria de fazer feat?

Liu: Queria fazer um feat com o Madeon e com Porter. Acho que tem vários artistas também fora do país que seria bem legal. São muitos nomes. Mas do Brasil são esses mesmos. E de internacional, com o Striilex.

Me Gusta: Dentro do que puder adiantar, quais os próximos passos da carreira? Já tem planos pós-pandemia?

Liu: A gente tem uma Live marcada muito especial, que não posso dar spoiler do que é ainda, mas que é bem especial mesmo. A gente já tá fechando eventos já em Dezembro. Então caso as coisas voltem ao normal, fiquem tranquilas até Dezembro, já tem coisas marcadas, Réveillon tá marcado. Tem bastante coisa legal. Rio de Janeiro também. Graças a Deus tem muita coisa boa vindo, muitos lançamentos. As próximas músicas aí em peso também. Tudo certinho.