Completando 85 anos, dia 27 de Outubro, um dos maiores ícones da Cultura Pop Brasileira, Maurício de Souza ganha uma bela exposição virtual comemorativa.

Mauricio é amado por muitas milhares de crianças, e adultos, e inspirou diversas gerações a sonharem e a lerem. Inspirou também grandes cartunistas e desenhistas, que sonham em trabalhar e viver das histórias em quadrinhos.

O carinho dos cartunistas foi expressado em diversas obras de caricaturas de Mauricio de Souza, que foram reunidas na Exposição Virtual “Expo Mauricio 85”, que homenageia os 85 anos deste homem tão amado e talentosos. São mais de 60 obras que podem serem vistas a partir do dia 27 pelo site www.universohq.com/mauricio85.

Cartaz da Exposição – Ilustração: Jal

A exposição é organizada pela Associação dos Cartunistas do Brasil – ACB, e mostra, como a assessoria de imprensa do evento diz, “que é preciso mesmo festejar, pois um grande desenhista brasileiro, em plenos 85 anos de idade, está atuante e cheio de energia, como em seu início de carreira”.

Com 61 anos de carreira, Mauricio sempre se reinventa e mantém seu estúdio, único na América Latina, como uma fábrica de sonhos que não para, sempre cheia de novas ideias. O desenhista se tornou essencial para todo o mercado de quadrinhos, por criar um público leitor que se alfabetiza pelas historinhas aos 4 ou 5 anos de idade.

Ilustração: Baptistão

Mauricio de Souza (por Assessoria de Imprensa)

Dia 27 de outubro, o desenhista, empresário e escritor brasileiro, Mauricio de Sousa, completa 85 anos. Durante seus 61 anos de carreira, o autor deu vida a mais de 400 personagens e conquistou famílias não somente do Brasil, mas de todo o mundo. Atualmente, cerca de 150 empresas nacionais e internacionais têm licença para reproduzir suas criações em mais de quatro mil itens.

A origem de seu sucesso aconteceu em 1959, quando ele publicou sua primeira tirinha diária, com aventuras do Franjinha e o seu cachorrinho Bidu. Seu trabalho circulou por diversos jornais brasileiros. No ano de 1970, lançou a revista Mônica e, na sequência, recebeu o mais importante prêmio do mundo dos quadrinhos, o troféu Yellow Kid, em 1971.

De acordo com a pesquisa da BrandTrends Entertaiments (patrocinada pela International Licensing Industry Merchandisers Association – Lima), de 2020, a Turma da Mônica lidera o ranking de marcas infantis no Brasil, na faixa etária de zero a 14 anos.

Dentro do segmento editorial é uma das obras mais lida no país, em especial no segmento infantil. Não é à toa que, no ano de 2019, foram vendidos 2,4 milhões de exemplares de livros. As conquistas de Mauricio não param por aí: o estudo Retratos da Leitura no Brasil, de 2019, do Instituto Pró-livro, constatou que a Turma da Mônica é a quarta obra mais citada, e que o autor é, também, o quarto mais citado no período pesquisado.

Ilustração: André Camargo

A Turma da Mônica ficou tão amada que dos quadrinhos migrou para o teatro, cinema, televisão, internet, exposições de arte e até mesmo parques temáticos. No ano passado, a Mauricio de Sousa Produções (MSP) lançou o primeiro live action da turminha, Laços, que alcançou mais de dois milhões de expectadores. Durante a quarentena, a Turma da Mônica Clássica e Turma da Mônica Jovem foram vistas por 13,6 milhões de pessoas com TV paga no Cartoon Network e Boomerang no Brasil (Fonte: Kantar Ibope Media).

Mauricio de Sousa, no decorrer de sua carreira, recebeu diversos prêmios nacionais e internacionais (Japão, Itália, China, Coreia do Sul, França, EUA, entre outros países). Um dos mais recentes, da MSP/Panini, foi o Prêmio Jabuti 2019, com os quadrinhos Jeremias: Pele, criados por Rafael Calça e Jefferson Costa.  

Em 2019, teve a abertura da nova subsidiária internacional da MSP no Japão – a “Mauricio de Sousa Productions Japan”.

Atualmente, a MSP aposta em mais um trabalho de prestígio entre o público família, a produção  Mônica Toy, animações no estilo toyart, da Turma da Mônica, disponíveis no seu canal oficial do YouTube (www.youtube.com/turmadamonicatv), que conta com 15,8 milhões de inscritos.

Sua importância para os brasileiros vai muito além do sucesso comercial. É o primeiro desenhista de quadrinhos no mundo que entrou para a Academia Paulista de Letras (APL), junto a escritores muito famosos e prestigiados.

São 85 anos de repetidos sucessos em sua vida. Mauricio de Sousa é um ícone que marca gerações com o seu trabalho. Seus personagens criam vida e ultrapassam os limites do quadrinho, levando entretenimento, cultura e conhecimento de forma leve, divertida e criativa para os pequenos. Um dos formadores da indústria criativa no Brasil e que se mantém há 61 anos nesse setor.

Mauricio de Sousa nasceu em 1935 e iniciou sua carreira como ilustrador em Mogi das Cruzes, uma cidade do interior de São Paulo ­– Brasil. Aos 19 anos, mudou-se para a capital e, durante cinco anos, trabalhou no Jornal Folha da Manhã (atual Folha de São Paulo), escrevendo reportagens policiais. Em 1959 criou seu primeiro personagem, o cãozinho Bidu. A partir daí vieram Cebolinha, Cascão, Mônica, e tantos outros. Em 1970, lançou a revista Mônica. Depois de passar pela Editora Abril e Editora Globo, assinou contrato com a multinacional italiana Panini. Cerca de 150 empresas nacionais e internacionais são licenciadas para produzir mais de quatro mil itens com os personagens de Mauricio de Sousa; suas criações chegam a cerca de 30 países.

Mauricio de Sousa Produções (por Assessoria de Imprensa)

A Mauricio de Sousa Produções (MSP) é a maior empresa de entretenimento do Brasil, responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. A MSP investe em inovação e produz conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educação, cultura e entretenimento. No licenciamento, trabalha com 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 4 mil itens. No universo digital, o canal no YouTube da Turma da Mônica já chegou a 14,5 bilhões de visualizações, sendo a maior audiência para Mônica Toy, conteúdo desenvolvido exclusivamente para esta plataforma; além do engajamento e interações orgânicos com os fãs em mídias sociais. Na área editorial, possui um dos maiores estúdios do setor no mundo e já tem mais de 300 títulos e mais de 1,2 bilhão de revistas em quadrinhos, responsáveis pela alfabetização informal de milhões de brasileiros.