Nas redes sociais, os fãs acompanham a viagem de Luan Santana ao México através das fotos. O que poucos sabem é que no Domingo (25), o cantor teve de se proteger e ficar isolado em um estúdio por conta da passagem do Furacão Zeta.

Luan ficou devido ao furacão, com dificuldades de se comunicar. Junto de seus produtores, o artista estava em uma casa na cidade de Tulum e teve de ficar lá sem sair, uma vez que o Zeta chegou no país justo pela cidade. Ele já estava em solo mexicano há nove dias, para desenvolver composições e produção para a sua carreira internacional que vem por ai.  

Luan Santana em Tulum – Foto: Lucas Santos e Matheus Marcolino

Santana conseguiu no dia seguinte escrever pro pai, o empresário Amarildo Santana, e o tranquilizar. Na mensagem ele dizia, “Ontem, o Furacão Zeta chegou ao México entrando por Tulum. Estamos nesse momento sem muita comunicação, mas estamos bem e seguros. Somos muito abençoados por no Brasil não ter problemas e forças da natureza como essa. Em breve estou de volta”.

Luan Santana em Tulum – Foto: Lucas Santos e Matheus Marcolino

Luan Santana também conseguiu enfim, ter acesso à internet e nas redes, lançar um manifesto a favor do Patanal (Movimento o Pantanal Chama).

——————————————————————————————————————–

SOBRE O MOVIMENTO O PANTANAL CHAMA 

O projeto visa angariar fundos para o combate aos incêndios que devastam todos os anos a maior planície alagada do mundo, dividido em 4 pilares, que visam o reflorestamento, qualificação dos ribeirinhos para que se antecipem às tragédias, auxilio às ONGs e fundações que atuam na região e muito mais.  

O primeiro manifesto, compartilhado por Luan Santana, pode ser conferido e assinado em https://opantanalchama.sospantanal.org.br/.