“Esse álbum é diferente de tudo o que já lancei até aqui. É um álbum com mais experimentações artísticas, além de ser o primeiro com músicas em diferentes idiomas. Estou muito feliz com o resultado e empolgada”. Essa frase de Pablo Vittar espressa toda felicidade da cantora com seu álbum “111” e foi dita assim que o trabalho foi lançado.

Agora para celebrar o sucesso deste, Pabllo e Sony Music lançam a versão “111 Deluxe”, com duas músicas inéditas e 9 remixes dos maiores hits do disco, todos com participações especiais.

Capa de ‘Deluxe 111’ – Foto: Ernna Cost

A primeira faixa inédita “Bandida” tem a participação de Pocah e é com certeza uma das melhores da carreira de Pabllo e cheia de empoderamento e representatividade. Uma música que reforça a liberdade da mulher de fazer o que desejar e ser quem quiser.

Já a outra inédita traz Vittar de um jeito bem diferente e sem perder sua personalidade. “Eu Vou” é um Forrózinho arretado e muito animado, diferente do que o habitual em canções da artista. Pabllo chega com vocais poderosos impecáveis ao cantar a esperança de um novo amor e um futuro melhor.

Os nove remixes do álbum são cheios de atitude, sonoridades diversas e novos parceiros incríveis que emprestam seus talentos e que fazem essas novas roupagens, serem tão especiais como as originais.

Foto: Ernna Cost

Destaque para seis deles. “Amor De Quê” ganhou ares de Bachata e bastante swing com a participação de Getúlio Abelha, um cantor de voz única, bela e gostosa de ouvir.

Já “Tímida” conta com a participação de A Travestis no lugar de Thalia e que cantam trechos em português, algo que na original não acontece e que ficou especial.

Impossível não se apaixonar por “Lovezinho” com Jaloo, que tem uma voz que combina muito com a de Pablo e a internacional “Flash Pose”, que ficou a cara das casas noturnas e perfeita para um bate cabelo daqueles, com as participações mais que especiais de Lorena Simpson e a DJ Anne Louise.

Foto: Ernna Cost

E dois grandes hits que não poderiam deixar de ganhar uma nova versão, também abrilhantaram esse trabalho. “Clima Quente” ganhou uma versão no ritmo do Piseiro, sendo um feat com Weber e Biu do Piseiro e “Parabéns” ficou tão apaixonante como a versão original, ao trazer versos em Rap feitos com perfeição por Veronicat e Lucas Boombeat.

Os outros artistas que também participam do álbum são Brabo, Tomasa de Real, Chediak, Laysa e Alice Glass. Todos excelentes artistas da nova safra brasileira, e que puderam também contar com a generosidade de Pabllo Vittar, que deu voz a eles para o grande público.

A versão Deluxe do terceiro álbum de Pabllo Vittar, “111” chegou para complementar com chave de ouro este projeto tão especial para a cantora. Tão especial, que ganhou o nome de “111”, pois Pablo faz aniversário em 1/11 (primeiro de Novembro).

Foto: Ernna Cost

Os fãs da cantora, com certeza, estão muito felizes e vão fazer com que a ela chegue ainda mais longe e possa mostrar seu talento e suas músicas para mais pessoas e lugares do Brasil e lógico, do mundo também. O sucesso foi tanto que as duas canções inéditas, estrearam direto no top 5 da lista das mais ouvidas no Brasil pelo Spotify.

Um lançamento bafônico, que poucas artistas conseguem. Isso mostra mais uma vez todo o poder e talento de Pablo Vittar, que cada vez se firma mais como uma das maiores estrelas de nosso país.

Foto: Ernna Cost