Uma das maiores cantoras da Argentina, Tini lança o seu tão aguardado terceiro álbum “Tini Tini Tini” pela Universal Music.

Segundo Tini, “Neste álbum, minha intenção é transmitir uma mensagem de liberdade sem estereótipos, por isso utilizei distintos gêneros musicais e diversas facetas estéticas, me senti com liberdade de expressar o que queria em cada canção. Por fim, obrigado a todos vocês, que ouvem minhas músicas, valorizam, celebram, dançam e se animam”.

O novo disco mostra toda a versatilidade da cantora, que passeia por ritmos como o Pop, Trap, ritmos latinos e Reggaeton. Tudo isso formando sonoridades envolventes, apaixonantes e que mostram toda a personalidade desta grande artista.

Capa de “Tini Tini Tini”

O álbum já abre com um sonho de Tini desde a infância que se tornou real, a parceria com Alejandro Sanz. “Um Beso Em Madrid”, é uma das melhores canções já gravadas pela cantora, pop e sobre amor.

O disco tem grandes singles que ajudaram a levar a carreira da artista num patamar ainda maior, tocando muito nas rádios e nas plataformas. “Fresa”, com Lalo Ebratt se tornou um fenômeno Latino ao redor do mundo uma das mais escutadas em 2020 eles app de música. Um belo pop com toques de Reggaeton.

“Ella Dice” traz uma mistura de Pop Reggaeton hip hop que resulta numa sonoridade única e muito empolgante com a participação de Khea. Dizem as más línguas, que a letra foi escrita inspirada no término do relacionamento da Tini com o astro Sebastián Yatra.

“Duele”traz uma bela homenagem a Argentina país onde Tini. A faixa que fala sobre um amor não correspondido, começa ao ritmo do Tango com um trecho de “La Cumparsita”, uma das músicas mais emblemáticas do gênero. O Tango vai então se fundindo ao longo da faixa com o Pop e principalmente Trap.

Outro grande presebte é o single “Diciembre”, realmente uma das canções mais lindas da carreira de Tini e que passa toda emoção de alguém que enfrenta uma desilusão ou tristeza. E o arranjo cheio de violino e violoncelo, é simplesmente sensacional e combinam muito com a voz da cantora. Emocionante!

Destaque também para “Recuerdo”, com a participação de Mau e Ricky, um Reggaeton daqueles, a romântica “Oye” com Sebastian Yatra e gravada quando eles ainda namoravam e “22” que também entrou para a lista das músicas mais tocadas nas plataformas em 2020 e que mistura Reggaeton com ritmos latinos e tem participação de Greeicy.

Lançado do junto com o novo disco, o single “Te Olvidaré” mostra todo lado romântico da cantora ao falar sobre a superação de um término de relacionamento. Uma música linda com bastante piano em seu arranjo e que mostra todo o controle vocal da cantora e como ela consegue através de sua voz passar emoção.

Romantismo também não falta na linda “Acércate”, uma das melhores do disco e que em uma boa parte mostra a cantora só em voz e violão. Tini mostra belamente todo seu alcance vocal, em tons mais altos e sem exageros. Lindo demais.

Tini é muito talentosa e sagaz, e mais uma vez mostra que mulher sabe sim fazer muito bem Reggaeton, um ritmo tão dominado pelos homens. Ela mostra muito isso nas faixas “Playa” e “Tuyo”, dois grandes acertos do disco e que tem de tudo para se tornarem duas queridinhas do público.

Sem dúvidaz este é o melhor álbum da carreira de Tini. Isso se confirma pela grandiosidade mundial de músicas como “Fresa”, “Oye” e “22”, que deram ainda mais reconhecimento internacional a ela, além de se tornarem canções das mais tocadas em diversos países ao redor do planeta.

Vemos bastante também a maturidade vocal e musical da artista, que usa sua voz com muito controle e que escolhe com muita sabedoria cada elemento e ritmo usado em suas canções. Um belo disco que todo amante de Música Latina vai adorar e se deliciar. Um dos melhores lançamentos de 2020.