O rapper Hungria Hip Hop é o entrevistado do programa Trace Trends na Rede TV dia 12 de Janeiro.

Na atração que vão ao ar às 22h30, o artista que já possui 3 bilhões de visualizações e 10,6 milhões de inscritos no seu canal do You Tube, o artista contou detalhes de sua carreira, projetos e sonhos. Hungria participa também do quadro Skip Skip, onde respondeu perguntas inusitadas.

“O Rap mudou minha vida a partir do momento que ele me libertou de más companhias, de caminhos errados, talvez do crime, talvez da morte, de inúmeras situações. Eu sempre fui apaixonado pelo Rap, tanto que eu nunca quis fazer nada a não ser ir para o estúdio cantar”, revela o rapper. Ele completa, “Na verdade, quando vou para o estúdio, não fico pensando ‘tenho que fazer uma música e vai estourar’, a pressão é grande, mas sei brincar com ela”.

Hungria também falou um pouco sobre a escola e do seu nome artístico. Segundo ele, “Eu me lembro quando eu gravei minha primeira música. Kruel, que me produzia, falou: ‘e aí, qual seu nome artístico?’; e eu: ‘o que é isso?’. Ele perguntou meu nome, respondi, e ele disse ‘Hungria Hip Hop’. Hoje, a gente quer deixar só Hungria, porque virou acústico e agora estou querendo soltar um projeto de MPB. A gente não está mais preso somente no hip hop, então o nome limita muito. E Hungria é tudo: é música, é rap, é funk, é pagode”.

O cantor e compositor também falou sobre a pandemia e o que espera deste ano de 2021, “Os acontecimentos de 2020 não impactaram somente a arte, impactaram vidas. Isso foi muito louco, foi preciso se reinventar, se renovar. Eu preciso escutar mais para saber o que escrever”. E, esperançoso, faz seus votos para o novo ano: “O que eu espero de 2021 é saúde. Só preciso de saúde e força. Espero também que Deus faça com esse momento acabe logo, peço que volte logo esse momento de abraçar minha banda, meu público, meu fã clube. Espero que seja um ano de mudanças e que a gente não esqueça do que passou, porque ser humano é bom em esquecer as coisas. Que a gente leve realmente de aprendizado para a nossa vida”.

O Trace Trends é apresentado por Xan Ravelli, Ad Junior e Alberto Pereira Jr e na terça-feira ficaremos sabendo de tudo o que Hungria revelou nesta entrevista incrível.