Eduardo Costa se junta a Edy Britto e Samuel e lança “Fui Dando Porrada”.

A regravação da música feita sem alarde pra ser lançada de surpresa, resgata além da cultura sertaneja, a cultura cigana que representa a dupla e sua origem.

Assim como nos lançamentos anteriores, Eduardo produziu e tocou a maioria dos instrumentos da faixa, compondo com o músico Romário Rodrigues um estilo próprio. E, foi pensando nisso, que o cantor convidou a dupla. “Por ter origem cigana estes meninos sabem valorizar cada acorde e são de um talento e extensão de voz impressionante”, revela o sertanejo.

Desde o início da quarentena Eduardo Costa tem priorizado o seu lado artístico, tanto nas canções como nos arranjos e mostrado a beleza do som das cordas. Viola caipira, violão de nylon, violão de aço, têm rendido uma sonoridade pura e, afirmando a grande paixão dele pela música sertaneja.