Devido a pandemia da Covid-19, neste ano não iremos celebrar o Carnaval pelas ruas Brasil afora. E pensando em trazer alegria e diversão para todos em casa, Ivete Sangalo e Claudia Leitte vão fazer a festa com uma Live incrível.

No dia 13 de Fevereiro, poderemos fazer a nossa casa um verdadeiro Carnaval, junto das duas rainhas do Axé a partir das 17h30. Apresentação online vai ser transmitida para todo o Brasil com previsão de cerca de três horas de duração.

Veveta e Claudinha reuniram a imprensa em uma coletiva online, nesta segunda (Dia 8), para contar os detalhes desta grande celebração onde elas vão relembrar grandes canções que marcaram a vida e o Carnaval de todos nós.

O Portal Me Gusta esteve presente e conta para você tudo o quê Ivete Sangalo e Claudia Leitte contaram:

Ideia de Live Conjunta

As cantoras falaram um pouco de como surgiu a ideia de fazer em uma live conjunta. “A gente quis fazer coisas juntas faz tempo e foi acontecendo naturalmente”, conta Claudinha.

Já Ivete completou, “Eu e a Cláudia sempre se encontrou em várias situações, em shows, muitas vezes e não cantava juntas. Em alguns Carnavais a gente se encontrava, sabia muitas coisas da Cláudia e ela sobre mim, mas nunca a gente cantou. Depois agente se encontrou no meu DVD e depois com ela grávida no Recife, a coisa mais linda, parecia um bombonzinho. E aí veio a ideia de fazer agora que o Carnaval tá chegando e sabíamos que não ia acontecer um Carnaval normal. Como a gente tem essa responsabilidade de fazer um trabalho com todos esses critérios e respeitando tudo e todos, surgiu a ideia e assim respeitar os nossos fãs, nosso público e respeitar essa data, que são 5 dias que a gente teve sempre direito de viver e se jogar e esquecer de tudo um pouco. Foi uma vontade de Cláudia e eu. A gente pensou imediatamente uma na outra. Temo um convívio, até mesmo antes dessa Live e que cada vez mais se intensifica. É um relacionamento muito bom e é sempre gostoso estar junto e falar de música”.

Ivete e Cláudia durante a Coletiva

Repertório e Vibe da Live

Sobre o repertório e surpresas durante a apresentação, as artistas preferem não dar muitos detalhes pra não entregar muito jogo. Mas elas adiantaram se pretendem cantar tudo juntas ou se haverá músicas em  separado.

Ivete contou, “É importante falar do desejo de não fazer nada separado, porque já tá tudo tão separado, a pandemia nos separou, nos impossibilitou de reunir e estar junto. A Live é por um bem muito maravilhoso. Trazer essa energia do Carnaval para um bem nosso, de cada uma e para o bem daquele que vai assistir. Seja aquele folião que já é frequente no carnaval de Salvador, seja aquele que gosta da gente, e que é fã de Cláudia, meu fã e fã das duas, mas também todo aquele que esteja procurando esse aconchego, essa energia do carnaval e  ligar a televisão e ver algo que não remeta a esse medo e essa ansiedade”.

Claudia ainda contou, “A gente queria se divertir também e ser feliz. O que a gente preparou vai fazer vocês mais felizes e a gente vai enfiar o pé na jaca”.

Ivete ainda disse, “As surpresas são muitas, mas a gente deve guardar uma expectativa. Obviamente tem conteúdos dentro desse trabalho, também baseados no que é possível fazer. Adoramos fazer um espetáculo inesquecível do ponto de vista estético, mas teríamos que triplicar o número de pessoas trabalhando e isso não está dentro das nossas premissas. como fazer um trabalho em lindo com gente muito competente e que vai entregar um trabalho maravilhoso, muito condizente com as coisas que a gente quer. Uma coisa muito massa é que a gente vai poder entrar com um figurino conectando, uma na outra. Tudo foi feito dentro de um grande conexão. E a gente vai chegar de carro elétrico”.

Ivete e Cláudia durante a Coletiva

E Veveta concluiu, “Em função de a gente não ter podido pensar muito bem na questão cênica, a gente tá estruturando repertório que faça valer o convite do Carnaval virtual, do nosso trio. Ao convidar as pessoas, a gente tem que receber elas de forma correta e duas cantoras podem receber primeiramente através do repertório. O repertório tem sido concebido, salvaguardando toda a memória afetiva dos nossos fãs e a nossa, de uma e da outra”.

Ainda segundo Cláudia,”A gente está vivendo esse momento de cortar músicas, porque a gente não tem limite”.

“A ideia é fazer no Carnaval como quando a gente está no trio. Quando a gente sai nos blocos, a gente tem um roteiro, uma ideia e uma transformação. Existe um modo de se comportar em cima do trio que é muito particular. Vai ser a ideia de trio, onde o carro não para e se dá uma paradinha é pra recarregar. A gente não vai parar”, contou Veveta.

Ivete e Cláudia durante a Coletiva

Um Carnaval Diferente

Veveta e Claudinha falaram como se sentiram com o fato de termos um Carnaval totalmente diferente sem aglomeração, cada um na sua casa e poder celebrar a data apenas desta maneira remota.

Segundo Cláudia, “Fiquei triste inicialmente, mas foi uma coisa que eu esperava, não posso dizer que fui pega de surpresa. Me preparei psicologicamente pra isso, mas meu coração ficou triste porque a gente sempre espera pelo Carnaval, como uma criança que espera pelo papai noel no Natal com expectativa e posso dizer por ela, porque a euforia é a mesma. A gente sonha com o momento de estar lá e imagina as pessoas quando tá gravando as músicas”.

Ela também contou, “É muito diferente. Nem estou dizendo se é bom ou ruim e se é uma diferença do bom para o ruim. É massa a gente cantar. Cantar é o nosso lugar e a gente se amarra. A gente gosta de ver gente e ver gente feliz. Gosto de ver o público e tô sentindo muita falta do palco. Mas eu acho que o fato de a gente estar juntas, e ter uma história para contar, já é uma celebração”.

E Veveta completou, “Sem dúvida, o encontro e a própria Live já afasta um pouco a agonia de não ter o público alí. A presença do público é essencial na vida da gente e sem o público a gente fica sem um porque”.

Ivete ainda disse, “Toda essa expectativa de ser feliz foi interrompida. Mas acho que é uma tristeza, sem dúvida, não só nossa, mas de todo mundo que usa esse momento pra dar uma espairecida, desopilar e extravasar. Acho que a alegria é um bem comum e acima deste bem da alegria, temos que estabelecer um bem necessário (Live sem aglomerar). E a festa que mais aglomera é o Carnaval. É uma festa que promove aglomeração e a partir delas, os encontros ficam inesquecíveis e a gente se junta e se abraça, se divertindo e dançando. Para o bem da própria festa, vem o reconhemento e consciência de que nós devemos voltar essas atividades do entretenimento, só a partir da vacina. Acho essa uma forma consciente de lidar com a responsabilidade nossa”.

Cláudia, falou também um pouco sobre a felicidade de presentear a todos com a Live: “A gente é responsável por conduzir a galera e de certa forma é uma responsabilidade. Mas é um fardo leve, porque a gente é feliz e ama fazer o que a gente faz. Mas a gente tem uma responsabilidade. Não só em fazer o show, não só pela carreira da gente. A gente serve o outro ali e queremos fazer as pessoas felizes, estando seguras. A gente vai ser muito feliz nesta Live”.

Foto: Divulgação

Cláudia também falou um pouco sobre dessa vez não cantar em cima do trio e sim numa transmissão online: “Vai ter aquela vibe do trio elétrico. Nessa construção de repertório, às vezes quando a gente toca algumas coisas, eu sinto o cheiro da avenida. Isso é muito incrível. A gente sente o cheiro do carnaval. Tudo está conectado. A gente tá precisando mesmo desse carinho, desse calor e a gente sabe disso e tem essa consciência. A gente vai ter que se concentrar para cantar, porque a gente já se emociona fazendo o repertório”.

A loira também conta, “No trio elétrico, a gente tem música em cima do caminhão. A gente não vai poder pôr o bloco na avenida, mas a gente vai trazer as músicas junto com a nossa alegria, ou seja, um trio. Vamos mostrar num carnaval, com quantos paus se faz um trio elétrico. A gente vai fazer isso lá”.

Ivete falou um pouco sobre cantar com Claudinha. Segundo ela, “O mais importante é que embora eu soubesse que essa fluidez ia acontecer, tem sido divertido e maravilhoso. Algo muito importante nesse encontro. Não é um projeto de negócios, em um projeto de vida. Para gente é muito necessário”.

Foto: Divulgação

Mais Apresentações Juntas?

Uma curiosidade grande de todos é se após esta Live, Claudinha e Veveta pretendem fazer shows juntas após o fim da pandemia.

Ivete respondeu: “A Cláudia conversou comigo sobre essa possibilidade. Quando veio na cabeça a Live, eu tava tão envolvida e animada por ser no Carnaval, que eu não tinha me tocado pra isso. Mas acho que tem sim uma possibilidade bem grande de virar um projeto, com alguns shows em determinados lugares. Tem de tudo para dar certo”.

OBS: A Live “O Trio | Ivete, Claudia e você” será transmitida pelo Multishow e via You Tube, nos canais de Veveta, de Claudinha e do Multishow.