Filipe Ret lança “F*F*M*”, primeira mostra de seu novo álbum “Imaterial”, que será lançado em Março.

A faixa reforça a identidade do artista no Trap e ganhou um clipe dirigido por Cauã Csik, construído num conceito de metalinguagem e que conta a história do próprio clipe. O projeto é uma viagem sensorial que brinca com o mundo real e o mundo fantástico da arte.

O lançamento também é uma resposta artística após Ret recebeu voz de prisão por porte de cannabis. “A gente vive num país onde eu nem pude colocar explicitamente o nome da música (Fudendo Fumando Maconha). Apesar da grande velocidade de informação no mundo de hoje, o Brasil é um país atrasado ideologicamente. A função do artista é instigar novas realidades e gerar novos questionamentos. Falar sobre sexo e drogas ainda é um tabu, mas é uma realidade que temos que enfrentar sem demagogia”, conta o rapper.

No novo disco que está por vir aposta com mais intimidade na sonoridade do Trap e segue com personalidade marcante presente nas melodias, mensagens.

Foto: Lucas Sá

Com mais de 10 anos de carreira, Filipe Ret é um dos maiores nomes da cena do rap nacional e Top100 artistas do Spotify. É um rapper que sabe se posicionar, está sempre em contato direto com o seu público e suas mensagens vão muito além de sua música. Ao falar sobre as expectativas para o novo álbum, o rapper se mostra confiante; “Esse disco marca o início da minha melhor fase em todos os sentidos possíveis e imagináveis”, declara ele.