Ao lado do DJ Heron, Mc Soffia é capa da edição de Abril da Revista Raça.

A rapper que também deu uma linda entrevista pra Hamalli Alcântara, comemora sua primeira capa da publicação: “Aquela menina pretinha agora é capa de revista”.

Nesta edição o tema foi ‘Juventude Negra e Sucesso$’ e os registros foram feitos pelo talentoso fotógrafo Jorge Garcia no Estúdio Max Fama, em São Paulo. Durante o ensaio, havia um clima muito bom entre a equipe e os protagonistas da capa.

Capa da Revista Raça

Sobre estampar a capa Soffia revela “Já estampei algumas revistas importantes e agora na Revista Raça, estou completando um ciclo maravilhoso nesses 10 anos de carreira e abrindo possibilidades para próximas capas quem sabe até internacionais. O que mais me emociona é a representatividade de uma jovem negra na capa, com uma roupa linda e o cabelo black bem armado, que aliás foi minha avó Yessame que deu esse trato no cabelo amei! Cabelo natural é tudo de bom”.

Esse ano em que a rapper completa 10 anos de carreira, estampar a capa de uma revista tão simbólica para a cultura negra, está sendo um momento de glória e que vai agregar muito para sua vida pessoal e profissional.

Foto: Jorge Garcia

Falar sobre juventude negra e sucesso é um tema bem polêmico, como se a pessoa que tem descendência negra, não tivesse entre seus antepassados em África, reis, rainhas, mercadores de sucesso. Tudo isso torna ainda mais importante o tema aparecer em uma revista tão conceituada e representativa.

Na revista Mc Soffia falou sobre como foi o início da sua carreira aos sete anos, suas inspirações, responsabilidade social, temas relevantes em suas letras, dicas para quem está começando a carreira e sobre empoderamento e ostentação.

Foto: Jorge Garcia

A Revista Raça já está nas bancas e também pode ser adquirida online no site.

Mc Soffia (Por Assessoria de Imprensa)

Soffia Gomes da Rocha Gregório Correia, MC Soffia, é conhecida pelas letras de suas canções, que falam sobre distorções sociais graves, como preconceito, racismo, machismo e que incentivam outras garotas a se amarem e se respeitarem. Começou a sua carreira aos seis anos, logo após participar do projeto “O Futuro do Hip Hop”. A rapper já se apresentou em grandes eventos, como a Virada Cultural de São Paulo e o Festival Afro-Latinidades, em Brasília, Feira Preta, Indicada no BET Awards 2018 na categoria Artista Revelação Internacional, gravou o single “É o Hype nos estúdios da VEVO em New York, gravou feat com Madame Gandhi (EUA) e Drik Barbosa, Dancing Brasil Júnior, Programas de TV nacionais, recebeu prêmios de revistas nacionais de grande circulação, está em livros didáticos e jornais, realizou shows em várias unidades do SESC e gravou clipes com artistas em destaque no cenário nacional.