Maria Paula, ainda bebê, estampa sua primeira capa de revista ao lado da mamãe Dulce Maria.

A atriz e cantora escolheu a publicação americana “People en Español” para pela primeira vez posar em uma revista com a filha nos braços. Dulce também contou em entrevista como nunca antes, sobre detalhes do que viveu durante a gravidez em meio a pandemia da Covid-19, do parto cesárea humanizado e do contágio de Paco, seu marido, no meio do ano passado. Além disso, a eterna Rebelde citou que participaria de uma nova reunião do RBD, com uma condição: quando todos estiverem seguros, sem correr nenhum risco à saúde.

Foto: Gabriela Aranda

“Ela veio em um momento difícil que me colocou à prova todos os dias da gravidez e agora sendo uma mãe, ainda em uma pandemia. Eu estive isolada desde o início. Paco foi infectado (com coronavírus) durante a minha gravidez, aos seis meses. Foi muito forte. Estávamos sozinhos e eu falei: “também me contagiei.” Nós nos isolamos na mesma casa, em cômodos diferentes. Foi uma das coisas mais fortes que vivi. Eu estava sozinha, não podíamos chegar perto um do outro. Foi muito difícil. Mas graças a Deus não fui infectada, isso me ensinou que sou mais forte e que estou protegida” contou Dulce María

De acordo com a mexicana, Maria Paula nasceu de cesária, o que a permitiu ficar acordada e atenta ao processo: “Foi uma cesárea humanizada; Se está tudo bem quando o bebê nasce, eles levam na hora pra você dar mamar, abraçar e conhecer, cortam o cordão umbilical ali mesmo. Nós três vivemos tudo isso juntos. Foi muito bom mas ao mesmo tempo com muita adrenalina e muito nervosismo para que tudo corresse bem”.

Foto: Gabriela Aranda

A maternidade transformou a artista que conquistou uma legião de fãs pelo mundo, e que hoje vive a etapa mais especial de sua vida. “Tenho estado muito cansada, mas muito grata. Conheci um amor diferente de todos os que havia sentido. Desde a gravidez, você está disposta a dar sua vida por esse ser.” Completando seis meses, ela também falou um pouco sobre a rotina em casa com a bebê “Quando o Paco chega do trabalho, geralmente me ajuda a colocá-la pra dormir, fica um pouco com ela, dá comida também. Estamos tentando colocá-la em uma rotina para que comece a dormir cedo.”

Sobre a reunião do RBD, que aconteceu em dezembro do ano passado, justamente no mês em que Dulce María deu à luz a Maria Paula, a cantora comentou: “Eu sempre fui rebelde. O ponto principal era se não houvesse pandemia. Se tivéssemos certeza, sim eu participaria”.

Foto: Gabriela Aranda