Baiano se une a Léo Santana e Kawe em “Na Base”, com produção de Los Brasileros.

O single ganhou um clipe com referências ao mundo dos games e ao jogo League of Legends, que mostra um circo que leva alegria e leveza a seu público. A direção é de Igor de Oliveira.

Desde criança, Baiano é um apaixonado por música e conta, “Estou muito feliz em poder lançar para o meu público uma música que é a minha cara. Estou muito ansioso e com a expectativa lá em cima. Estrear nesse novo universo – e já contando com a participação de grandes nomes do cenário, como o Léo e o Kawe – é mais do que sempre pensei. Podem esperar que vem mais coisa boa por aí”.

A música é a primeira do projeto Gaming Hits, uma parceria da Final Level com a Head Media, Resso e Universal Music. Final Level é a maior plataforma de entretenimento gamer do Brasil, e acaba de expandir seus horizontes e trabalhar com música. E o escolhido irá estrear foi justamente o ex-jogador profissional de League of Legends, Gustavo “Baiano” Gomes, que agora se jiga também na carreira musical.

Para o projeto, serão criados inicialmente cinco singles, interpretados pelos influenciadores escolhidos junto de artistas renomados.

Para Fernanda Lobão, CEO e cofundadora da Final Level, a ideia é revelar o talento musical de alguns dos maiores gamers do país, promovendo um encontro de gigantes desses dois mundos, game e música, que ditam tendências, moda e comportamento. “Estamos muito animados pela parceria com a Head Media a e Universal Music. E mais ainda com o que ainda virá por aí. Temos certeza de que será disruptivo para as marcas e, principalmente, para o público que consome música e games no Brasil”, comenta Fernanda Lobão.

“Temos muito orgulho de fazer parte deste projeto. Todo processo criativo da música nasce com o compositor e estarmos, desde o início, representando e envolvendo nossos autores em todo o processo de construção de modelos de negócios diferenciados e híbridos que viabilizem a união destes dois segmentos gigantes do entretenimento – música e games – ratifica o propósito da Universal Publishing de ter um papel diferenciado no mercado”, afirma Marcelo Falcão, Managing Director da Universal Music Publishing.