Kell Smith se une a Padre Fábio de Melo na belíssima “Vivendo“.

No momento de caos que estamos vivemos, Kell decidiu mudar o foco e buscar inspiração nos próprios fãs. Ao ler as mensagens que recebeu através das redes sociais, percebeu que muitos estavam passando pelo mesmo e então compôs a nova canção que fará parte do EP de mesmo nome.

“Essa música é sobre o que nos une e não o que nos separa”, conta Kell Smith. A faixa nasceu a partir da busca por uma resposta para as angústias que enfrentamos diariamente, muitas vezes sozinhos, tais como sobreviver a perda de uma pessoa amada, como seguir em frente, como ter esperança, etc.

Capa do single “Vivendo”

“Ao ler as mensagens percebi que haviam muito mais perguntas do que afirmações. Questões que também eram minhas e para as quais eu também não tinha as respostas. Eu refleti intensamente sobre isso e por mais que eu tentasse outro tipo de resposta, se existe uma maneira da gente chegar a um lugar melhor, um momento melhor, essa forma é vivendo. Vivendo pra saber que amanhã pode ser um outro dia, vivendo para transformar toda essa dor em aprendizado, vivendo e não só existindo/sobrevivendo. A resposta é viver”, declara Smith.

Sobre a colaboração com o padre a cantora revela, “Ao finalizar a letra, a primeira coisa que eu senti sem explicação nenhuma e de maneira muito orgânica, autêntica e natural, assim como a arte deve ser, eu pensei em dividir essa música com o Padre Fábio. No início não parecia ter um sentido maior, só depois eu entendi porque essa música era tão dele quanto minha. Eu o conheci há um tempo através da arte, a minha música nos aproximou. Eu sou uma admiradora, ele tem uma escrita tão afetiva, tão acolhedora, uma inspiração pra mim”.

Já Fábio de Melo conta, “A Kell é especialista em casar música com reflexão. Desde sempre. Emoldura com melodias bonitas textos existencialistas, repletos de perguntas, férteis em respostas inteligentes às questões humanas. ‘Vivendo’ é uma composição forte, mas ao mesmo tempo delicada; é um convite generoso, um apelo aos que estão frágeis, debilitados emocionalmente, a não desistir”.

A escolha do lançamento da música no primeiro dia do mês de Setembro, Se deu por ser a data em que se começa a campanha de prevenção ao suicídio, o Setembro Amarelo. Uma luta a favor da saúde mental.

Uma linda mensagem que ajuda as pessoas a encontrarem alívio para as dores da vida.