Talentosa e querida pelo Brasil desde cedo, Priscila Alcântara lança “Você Aprendeu A Amar?”, seu tão aguardado primeiro álbum pop.

“Você Aprendeu A Amar é uma obra que se fez! Cada música surgiu como e quando quis. Foram muitas alterações, mudanças de rota ao longo do caminho até chegar até aqui, nesse resultado final. E eu não poderia estar mais feliz! Falar das várias formas de amor através da música é um processo de cura pra alma. Pude explorar novas temáticas, novos sons e posso dizer que estou cada vez mais perto da minha verdadeira identidade artística. Tive a colaboração do Lucas Silveira como produtor e essa parceria me fez crescer bastante, além das participações, que me honraram muito! Acho que o público vai se divertir conhecendo mais esse meu lado como artista e compositora. Eu, pelo menos, estou me divertindo”, revela a vencedora do “The Masked Singer Brasil”, sobre o projeto, com produção musical de Lucas Silveira (do Fresno).

Capa do álbum “Você Aprendeu A Amar?” – Foto: Gabriela Schmdt

O álbum chega com três singles oficiais, que antes mesmo do lançamento, já mostravam um pouco do que poderíamos esperar deste novo momento da carreira de Priscilla. A faixa “Correntes” é um grande presente para os fãs e de forma inspiradora, fala sobre a maturidade de alguém que passa a valorizar quem se é e não a expectativa e a opinião dos outros. Um som muito Pop, dançante, poderoso e cheio de atitude.

Já “Tem Dias” chega com roupagem R&B e leveza. Usando sua voz de forma mais suave, Priscilla canta sobre autoaceitação e não ter medo de se mostrar em sua essência, mesmo que as vezes se sinta em invisível.

E uma delícia é o single “Você É Perigoso”. Uma faixa alegre, alto astral, com uma sonoridade Pop, com elementos eletrônicos em alguns momentos momentos e até Rap. Uma típica canção de Diva Pop.

Foto: Gabriela Schmdt

Bem voltada para o R&B, a deliciosa “Primavera” chega com uma melodia suave, que combina muito com a vibe romântica da letra, que fala sobre aquele amor que transforma nossa vida e deixa ela mais florida. Também falando de amor, a parceria com Lucas Silveira “Eu Não Sou Pra Você”, com sua letra intensa e muito bem construída, nos lembra que amar é saber deixar o outro livre, até pra partir.

Uma das melhores faixas é sem dúvida, a sensível e linda “Oceano”. Priscilla mostra todo seu controle vocal impecável e como ela consegue com facilidade, alternar entre tons mais altos (sem exageros) e tons mais graves de sua voz. A letra fala sobre se reencontrar consigo mesmo e viver sem medo de ser feliz, além de lembrar que sempre terá alguém para nos acolher quando precisamos.

Outro grande ponto forte do álbum é a parceria com Projota, “O Meu Sim É Todo Seu”. Uma música que mostra muito bem como a mistura de R&B com Rap dá muita liga. A letra fala sobre amar alguém e saber enxergar a pessoa amada em sua essência.

Foto: Gabriela Schmdt

Priscila Alcântara fez uma bela estreia como cantora pop. Trouxe um álbum incrível com letras profundas, muito bem estruturadas e com mensagens de amor, empoderamento, superação, autoaceitação e felicidade. A artista acertou muito em trazer ao seu Pop, os elementos do R&B, escola musical que influenciou muito seu canto e sua carreira, junto ao Gospel.

A cantora seguiu o seu próprio coração e mostrou sua verdade ao reinventar sua arte. Ouvimos o álbum e conhecemos a essência de Priscilla, que com certeza, é uma das melhores cantoras que o nosso país tem. Ela mostrou que está ainda mais impecável vocalmente usando muito bem sua voz, com muita facilidade em mudar tons e alcançar notas mais altas, agudas e graves com precisão. A artista também mostrou que é uma compositora de prato cheio e que tem muito bom gosto na escolha de seu repertório.

Um ótimo álbum e que vale muito a pena ser ouvido muitas e muitas vezes.

Foto: Gabriela Schmidt