Levantando reflexões sobre saúde mental dos homens, Tiago Iorc lança a maravilhosa “Masculinidade”.

O cantor surpreendeu os fãs com uma música inédita e autoral que fala sobre sua vida pessoal, fama e masculinidade. O single ganhou um clipe sensível e lindo que mostra Tiago de visual novo e sem camisa interpretando o tema e fazendo uma coreografia sensacional que ilustra a letra. A direção é de Rafael Trindade e Iorc.

Foto: Rafael Trindade

Com sua composição, Iorc levanta reflexões sobre a carreira, vida pessoal e a saúde mental dos homens que, sob a cultura da masculinidade, tendem a renegar a sensibilidade e defender a vocação de ser sempre viris, fortes e indestrutíveis. Uma música pra mais do que impactar, nos lembrar da importância de lutarmos contra uma masculinidade tóxica, que faz mal a muitos homens.

O cantor estava sumido desde Julho de 2020 dos holofotes da fama, e agora retorna sem os seus cabelos compridos e nos fazendo pensar sobre virilidade, insanidade virtual, machismo, medos, fragilidades, repressão de sentimentos, “padrões radicais”, “absurdos normais” e outros comportamentos que podem tornar um “homem macho”, “violento” e “sem amor”.

Foto: Rafael Trindade

No refrão da música, o cantor enfatiza a importância do cuidado com a saúde mental e durante a canção também aborda questões relacionadas aos males causados pelo vício da pornografia, além de outros assuntos que são objeto de estudo da psicologia.

Tiago Iorc está muito de parabéns. Mais uma vez, o artista quebra padrões e impacta todos nós e mostra muita sensibilidade e responsabilidade afetiva. Um homem sensível e que não liga pra convenções e nem pra julgamentos. A música tem uma sonoridade muito gostosa e potente e sua letra nos impressiona com sua capacidade de nos fazer refletir sobre todas as mensagens que Tiago nos passa com ela.

A música de Tiago Iorc presta um serviço de utilidade pública. Um artigo publicado pela Seguros Unimed aborda dados de uma pesquisa nacional que investiga o modo como a saúde mental é encarada no universo masculino. Realizada em 2019 pela revista Saúde e o Instituto Lado a Lado pela Vida, o levantamento revela que 95% dos entrevistados se depararam com sentimentos negativos à época do estudo. Entre os mais citados, estavam: ansiedade, estresse, preocupações com a família, relacionamentos ou dinheiro.