Luísa Sonza chega toda poderosa em “Anaconda”, parceria com a porto-riquenha, Mariah Angeliq.

A música que está no álbum “Doce 22”, ganhou um clipe bafônico que teve um gasto de pouco mais de de 1 milhão de reais e dirigido por Sonza ao lado de Jacques Dequeker. A produção traz inúmeras simbologias que fazem referência ao réptil anaconda e se conecta com o videoclipe de “fugitivos :)”, ao explicar o motivo por trás da prisão da personagem da cantora.

Anaconda é uma das produções que eu mais participei. É claro que em todas as minhas composições eu colaboro de forma ativa, mas com essa música foi diferente, ela é a que mais tem a minha cara. Isso é tanto na letra quanto na direção do clipe, que eu também assinei. Estou muito ansiosa para esse lançamento porque Anaconda consegue referenciar todas as outras músicas do ‘DOCE 22’, mas sem deixar de ser única e inovadora”, revela Luísa.

O single que fazia parte do grupo de músicas bloqueadas do álbum, chega com uma mensagem de empoderamento feminino, indo contra preceitos machistas que são impostos às mulheres. A letra foi composta pela própria artista junto com Jenni Mosello, e o arranjo da faixa, mescla ritmos eletrônicos com Reggaeton, Pop e Funk.

Além do lançamento, Luísa Sonza já tem sua agenda definida pros próximos meses, incluindo uma apresentação no Coliseu, em Lisboa, Portugal, além de festivais brasileiros como o Jockey Club. Luísa também foi a primeira capa após o retorno da revista digital Rolling Stone.

Atualmente Sonza está no Top 3 das artistas femininas mais ouvidas do país. Contando com mais de 1 bilhão de visualizações em seu canal de You Tube e mais de 1,5 bilhão de streams nas plataformas de áudio, seu último álbum, “Doce 22”, é sucesso em todas as paradas e já bateu a marca de 700 milhões de streams. De acordo com o Spotify, inclusive, foi o álbum pop nacional mais escutado deste ano.