Dona de um lindo vozeirão, Nanda Loren lança a suingada “Yolo”.

A cantora que mora nos Estados Unidos há mais de 20 anos, a artista participou do The Voice Brasil em 2016, chega com sua primeira faixa voltada ao público norte-americano, após se dedicar à músicas em português.

“Yolo” vem de “you only live once”, que em português significa algo como “só se vive uma vez” e fala sobre viver a vida intensamente e se afastar de pessoas tóxicas. “Eu precisei enxergar o fato de estar presa a estas relações tóxicas, tive que me desprender pra poder curtir a minha vida. Muitas vezes a gente se põe pra baixo porque estamos com pessoas que não nos querem bem e sugam nossa energia”, explica Nanda.

E ela completa, “Quando você se desprende dessa negatividade você consegue viver, se jogar de verdade, sem nada te botando pra baixo”, completa.

Grávida, a artista revela que gravou a faixa no 8º mês de gestação. Prestes a dar a luz a uma menina, Nanda revela como a música passou a ter ainda mais propósito durante esse momento.

“Eu sempre pensei por muito tempo, que quando chegasse a hora de ter filho, eu ia parar de cantar, achava que estaria velha demais e que não valeria a pena continuar buscando. Mas eu mudei a minha cabeça durante a gravidez, no sentido de: ‘não existe idade nem impeditivos para ir atrás do que se quer, eu tenho que continuar, buscar meus sonhos e ser um exemplo pra minha filha, pra que ela continue buscando sempre também”, diz ela.

E é sobre isso que se trata a música composta em inglês. O single é diferente de tudo o que Nanda Loren já fez musicalmente. Focada em divulgar seu trabalho nos Estados Unidos, país em que vive desde os 12 anos, a artista relata que é quase um reencontro com um outro lado artístico dela.

“Quando eu cheguei aos Estados Unidos, não sabia falar inglês e era muito difícil pra mim porque eu não conseguia me comunicar com as pessoas. Eu tinha apenas 12 anos e a adaptação foi muito difícil. E foi a música que me ajudou a aprender inglês, me ajudou a me comunicar e a me encontrar”, relembra Loren.

Embora imersa em uma nova cultura por tanto tempo, Nanda nunca deixou suas raízes, tanto que vem dedicando sua carreira 100% ao mercado brasileiro. Porém, suas referências de vida são híbridas e convergem com o cotidiano dos Estados Unidos. “Sempre fiz música em português e agora eu estou explorando mais o meu lado gringo, que também influenciou o meu trabalho”, acrescenta ela.