Mc Hariel completa o lançamento do DVD “Mundão Girou”, gravado no Espaço das Américas, em São Paulo.

O novo projeto do Mc celebra os dez anos de carreira, focada em trazer para o Funk uma mensagem de força e superação de obstáculos. Celebrando um caminho de luta e glória, “Haridade“ apresenta agora os últimos vídeos, referentes às regravações de grandes sucessos, como “Cracolândia”, que contou com a presença da Alok. Um belo e representativo inventário de sua história, colocando o Funk paulistano num lugar de destaque e merecimento. Também um atestado do tamanho e importância da produção do Mc de apenas 24 anos.

O projeto com lançamento iniciado no início de Fevereiro, conta com participações de peso como Mc Don Juan, Mc Pedrinho, Rael, Salvador da Rima, Mc PH, Mc IG, Lauana Prado e Felipe Ret.
Além de letras que motivam com muita poesia, Hariel canta o amor e o cotidiano repleto de batalhas e transformação com seu flow único e beats super dançantes, fazendo com que os graves contagiantes do gênero evoluam para um novo patamar. O resultado dessa combinação é uma carreira duradoura que conta com números (são dois bilhões de streamings) e um engajamento impressionante.

O DVD é um documento dessa trajetória que, como narra a introdução da música “Oportunidade”, parte da percepção de que, jovem que veio de uma região periférica, estava sozinho para cuidar de sua família, após a morte de seu pai. E que escolheu direcionar seu talento na construção de sua arte, sem desanimar e com muita garra. É esse, aliás, o tom de músicas como “Atitude e Alicerce”, “Problemas”, “Pirâmide Social feat. Rael”, “Exemplos ft. Neguinho do Kaxeta”.

As apresentações filmadas são repletas de números que envolvem elementos de outras artes como dança e teatro.

“Mundão Girou”:

“Mundão Girou”, o DVD, conta a história de Hariel nesses dez anos integrando e fortalecendo o Funk Paulista como um movimento e sua evolução. Sobre o lançamento, o MC paulistano relembra eventos que não foram fáceis, porém transformadores. “A música fala de quando meu pai faleceu e eu olhei pro lado e vi que era o único homem da casa”, diz Hariel, que perdeu o pai, também músico, ainda muito jovem.

“Comecei então a postar vídeos caseiros até chegar ao ano de 2014, quando entrei na GR6”, relembra o artista sobre a trajetória que foi só subida mas, também, de muita luta, emplacando diversos sucessos como “Lei do Retorno”, com Don Juan, “Maçã Verde”, “Cracolândia”, entre tantos.

A diversidade musical é uma marca de Hariel, que traz desde seu berço, na Vila Aurora, zona norte de São Paulo, influências que fazem do seu som uma deliciosa mescla de funk, trap e rap. “Nossa expectativa com essa faixa e o DVD todo é a de contribuir pro crescimento do funk ‘como movimento e mostrar que ele é sim capaz de entregar um grande show e um grande projeto. Um projeto que conte minha história de vida com teatro, dança e muita música”, completa o artista.

“Mundão Girou” mesmo e, não importa quantas forem as voltas, Haridade segue no topo desse palco giratório