Nando Reis e a Orquestra Petrobrás Sinfônica lançam álbum conjunto com hits de Nando.

O projeto lançado pela ONErpm, foi gravado no início de 2019 em estúdio, resultando um uma turnê que contemplou seis capitais brasileiras. O repertório traz à luz dos olhos e ouvidos, canções clássicas do músico paulistano rearranjadas sob a harmonia de uma orquestra sinfônica, algo inédito na carreira do cantor paulistano.

Com a regência do maestro Isaac Karabtchevsky, “Nando Reis e Orquestra Petrobrás Sinfônica”, conta com oito canções de Nando regimentadas sobre uma sensorial resolução harmônica, contemplativa e imersiva, produzindo um trabalho de profunda investigação das composições do artista que fez história na música brasileira com sua melodia e linguagem.

Nando Reis e o maestro Isaac Karabtchevsky, da Orquestra Petrobrás Sinfônica / Foto: Divulgação

Por ter sido gravado em tempo real no estúdio, as canções mantiveram sua formatação de maneira orgânica e expressiva. Em “Cegos do Castelo”, faixa escolhida como ponta de lança do álbum, os arranjos de Alexandre Caldi edificam os símbolos e significantes da letra que trazem um tom apoteótico em sua resolução final.

“Luz Dos Olhos”, canção que rege parte do clímax das apresentações do artista, também foi arranjada por Alexandre Caldi e tem um resultado sonoro quase epopeico, entremeando harmonias e as sutilezas dos instrumentos de sopro à força poética substancial da música, dramática em sua essência, que é ouro bruto da carreira de 40 anos de Nando.

O álbum foi gravado na sala e ensaios da orquestra, situada na Fundição Progresso, no Rio de Janeiro. “Tocar com a Orquestra Petrobras Sinfônica é como dar um pulo no céu e flutuar com os anjos. Os arranjos acrescentaram às canções camadas dramáticas, intensas e celestiais. Tudo ficou muito lindo”, revela Nando.

“Nando Reis e Orquestra Petrobrás Sinfônica” já está disponível em todas as plataformas digitais (https://onerpm.link/nandoreiseops).