Misturando Sertanejo e Pop, Bruninho e Davi lançam a inédita “Não Acelere”.

A faixa é o sexto lançamento do mais recente EP da dupla, “Não É Uma Live” (vol.1), e o clipe já está no ar, mostrando toda energia dos cantores. A letra fala de um dilema numa relação de amor, mas sem deixar de lado a animação de uma boa festa em amigos, como mostra o vídeo.

“Queremos passar um pouco da essência desse trabalho que é cheio de energia e jovialidade. A música é inédita e passa essa vibe leve e descontraída do projeto, que foi uma grande festa desde a gravação. Esperamos que as pessoas gostem e se divirtam com a gente”, conta a dupla.

Um toque de nostalgia dos anos 2000 e a simplicidade do Sertanejo são pontos fortes do trabalho, que apresenta um visual bastante ligado ao início da era digital, de encontro com tudo de mais moderno e jovem na sonoridade e no estilo. No EP além de “Não Acelere” e das inéditas “Como É Que Vira Esquema” e “Galera”, estão as releituras de sucessos como “Palpite”, “Só Por Uma Noite” e “Dias Atrás”.

As faixas do novo projeto foram divulgadas no dia 24 de Março, e os lançamentos dos clipes estão sendo feitos semanalmente, todas às quintas. As gravações do audiovisual foram realizadas em São Paulo, em uma espécie de pool party com “banda de garagem”. O projeto traz uma cara nova para a Música Sertaneja, e, assim como a maioria dos trabalhos de Bruninho e Davi, tem como ideia potencializar a vibe mais animada, enérgica e tão exclusiva da dupla.

Bruninho e Davi:

Contando com mais de 1.3 milhão de ouvintes mensais no Spotify e 550 milhões de visualizações em seu canal no YouTube, a dupla Bruninho e Davi é considerada uma das mais versáteis de sua geração, contando com uma trajetória marcada por hits e parcerias de sucesso com artistas como Michel Teló, Jorge e Mateus, Luan Santana, Vitão, Atitude 67, entre outros.  

Com três álbuns e três DVDs gravados, a dupla já passou por vários lugares do Brasil e exterior. Em 2020, Bruninho e Davi apresentaram o projeto “Collab BED”, lançado em duas partes. A primeira foi composta por cinco faixas autorais, trazendo as participações de Tília, Raffa Torres, Mr. Dan, Jay Jenner e Luccas Carlos. Já a segunda teve as colaborações de Pedro Mariano, Bibi, da banda Sorriso Maroto, e Matheus Aleixo, da dupla Matheus & Kauan. 

Em 2021, a dupla lançou o projeto Violada, com parcerias como Gustavo Mioto, Clayton e Romário e Marco Antônio e Gabriel. Para os próximos meses, os artistas planejam o lançamento do mais novo álbum “Não É Uma Live”.