Aposta do Pop Brasileiro e do Portal Me Gusta, Catha lançou seu primeiro EP “Sobre Mim (Talvez) Sobre Você” com referências nas obras de Alessia Cara, Anne-Marie e Sia.

A artista carioca de 20 anos, já pequena, ouvia desde óperas aos mais diversos estilos populares e é dona de uma personalidade ímpar. Com formação internacional em várias escolas americanas na área do teatro, Catha tem experiência em palcos de grandes teatros e até já foi protagonista da peça musical “Hair Spray”.

Foto: Giselle G. Dias

O Portal Me Gusta teve a felicidade é o privilégio de entrevistar está cantora tão talentosa e carismática. A seguir, saiba tudo o que ela contou, na íntegra:

Portal Me Gusta: Como surgiu seu amor pela música?

Catha: Em casa sempre escutei muita música, meus pais tem um gosto muito eclético então acabei sempre navegando por um pouco de tudo. Mas por conta da escola que incentivava muito a música também eu fui aprimorando meu gosto musical, mas até hoje é um pouco de tudo. Eu sempre cantei, falava sempre que queria ser uma pop star mas fui perceber que cantava de verdade por causa da Adele, eu era apaixonada nas músicas dela e o primeiro cover que eu gravei na vida foi uma música dela que na época eu até postei no Facebook.

Me Gusta: Como se dá seu processo de composição e suas inspirações?

Catha: Eu sempre tenho mil ideias passando na minha cabeça, literalmente qualquer coisa pode ser uma inspiração para uma música, mas principalmente a minha vida. Eu sempre começo escrevendo alguma coisa no meu bloco de notas, as vezes só uma palavra , as vezes um texto, depende muito. E com isso eu vou criando a melodia e as palavras vão fluindo. Mas as minhas letras são sempre coisas pessoais que eu já passei ou estou passando. Escrever é algo libertador e é pra ser um processo divertido, sem pressão.

Me Gusta: Como surgiu o single “Vou Me Iludir De Novo”?

Catha: Eu tive a oportunidade de escrever essa música com a HITMAKER e foi uma experiência super diferente pra mim, mudou bastante meu jeito de escrever. Quando eu cheguei lá todos nós começamos a conversar e eu comecei a contar algumas histórias da minha vida e eles adoraram, e acabou virando o tema da música, eu ser uma stalker. Hoje em dia principalmente nesses últimos anos por causa da pandemia nossas interações foram muito virtualmente, e principalmente com a minha geração que a gente vive on-line e se comunica pelas redes sócias. Eu contei pra eles das minhas histórias como stalker e todas as ilusões amorosas, fantasias, fanfics que criei na minha cabeça e acabou virando essa música super divertida que muito gente se identifica.

Capa do

Me Gusta: Em Março, você lançou o EP “Sobre Mim (Talvez) Sobre Você”. Como foi escolher o repertório e produzir o EP?

Catha: Desde o começo eu sabia que eu queria que o EP se chamasse “Sobre Mim (Talvez) Sobre Você” e a música com esse nome na verdade foi a última que eu escrevi. Todas as músicas foram escritas por mim e pela Bárbara Dias, ela me ajudou muito a navegar essa trabalho que é pensar em um conjunto de músicas que vão funcionar, ou só escrever músicas que funcionem juntas. No começo eu não estava pensando muito nelas fazerem sentido juntas ou em estarem em um EP, eu só estava escrevendo o que eu queria e o que fazia sentido para aquele momento da minha vida, que acabou funcionando. Todas as músicas foram produzidas pelo Filipe Soares e ele também me ajudou muito a escrever as músicas que iam entrar, eu cheguei pra ele com todas as músicas que eu tinha e a gente foi escutando tudo com calma e decidindo qual fazia mais sentido entrar ou não, e o processo de produção foi super tranquilo por que ele super entrou na vibe que eu queria pra esse primeiro trabalho.

Me Gusta: Você também fez peças musicais. Como surgiu o teatro musical em sua vida? Como foi protagonizar uma peça tão icônica como ‘Hair Spray’?

Catha: Na verdade tudo pra mim começou com o musical, eu sempre fui apaixonada por teatro musical e eu queria fazer faculdade de teatro musical, mas com o tempo acabei decidindo focar na carreira de cantora. O primeiro musical que eu assisti na minha vida foi ‘Hair Spray’, eu tinha mais o menos 7 anos e eu fiquei encantada, eu levantava e batia palma com todas as músicas e a minha mãe tinha que me fazer sentar por que eu tava muito animada com tudo aquilo. A partir daquilo eu comecei a fazer cursos de teatro e com 9 anos eu fiz meu primeiro curso de teatro musical em Nova York, e desde então virou uma grande paixão na minha vida. A minha escola fazia um musical todo ano e no meu segundo ano fazendo a gente fez ‘Hair Spray’ e eu fui a principal e foi incrível ! Foi feiamente um momento super especial pra mim por que ‘Hair Spray’ foi o meu primeiro contato com musical, depois daquilo eu fiz vários cursos aqui no Rio, e mesmo eu não estando foçada em musicais agora, vai sempre ser uma grande paixão minha e quem sabe no futuro eu não faço alguma coisa?

Foto: Divulgação

Me Gusta: Em seus clipe e ensaios, seus looks são incríveis e chamam atenção. Como é sua relação com a moda? Você tem ajuda na escolha dos looks?

Catha: Minha mãe é estilista então eu sempre tive essa ligação com moda por causa dela, e ela também sempre me deixou com a liberdade de criar o meu próprio estilo. Gosto muito de cultura pop e o mundo da moda, então estou sempre muito ligada em referências e em relação aos meus clipes e quanto mais referências melhor. Montar essas looks para o clipe dá um trabalhinho, porque eu viajo bastante nas minhas ideias, mas a minha mãe sempre consegue entender o que eu quero e faz acontecer.

Me Gusta: Dentro do que você puder adiantar, quais os próximos passos da carreira?

Catha: Não posso falar muita coisa, porque também ainda estou no processo de desenvolvimento de muitas coisas, mas com certeza vem música nova esse mês e uma coisa que eu fiz questão de fazer nessa nova fase da minha carreira é mostrar lados diferentes de mim na música, mostrar que eu sou capaz de fazer um pouquinho de tudo, então realmente espero que todo mundo goste do que vem por aí.

Foto: Divulgação