Em parceria com OIK, Tília lança a animada “Arrepiou”.

O segundo single do álbum “2003“, chega um um clipe com um estilo bem anos 2000, e muita coreografia. conceito central do projeto e traz elementos com uma pegada mais “street”, referente a época. O vídeo foi gravado em um estúdio all white e explora o minimalismo ao trabalhar as proporções e tamanhos e complementando com as interações entre os artistas. Essas são características da vertente do Rap presente na música e o objetivo é aproveitar esse movimento diferente, que ainda não foi mostrado do álbum e elevar a parceria.

“Para esse clipe eu queria algo mais clean, sem muitas informações, sem muita troca de looks, só eu e o OIK trocando bastante. Tem algumas cenas de balé também, com algumas dancinhas, mas eu queria alguma coisa mais simples e o que ia chamar mais atenção é a edição mesmo, mudando as dimensões e formatos.”, conta Tília.

Sobre trabalhar com a cantora, OIK revela, “Trabalhar com a Tília foi muito especial, mais ainda porque o single é do seu primeiro álbum, de estreia. A gente já se conhecia e eu já acompanhava e admirava o trabalho dela. Estou muito feliz em fazer parte da história dela. Rolou uma conexão, nos divertimos no estúdio, tudo fluiu e o resultado tá aí”.

E Tília conta, “Trabalhar com o OIK foi muito legal. Nós temos uma parceria muito boa. Eu só tinha visto ele uma vez antes de ir para o estúdio gravar a música, e tinha sido muito rápido, então nos conhecemos melhor no estúdio e foi muito legal. Na gravação do clipe também foi mega divertido e eu estou amando ter essa parceria e esse contato com ele agora”.

“2003” foi o álbum de estreia de Tília e em um mês de lançamento já chegou à marca de 4 milhões de reproduções nas plataformas digitais. O projeto teve os anos 2000 como inspiração, época que foi marcada por diversos grandes acontecimentos no mundo do Pop e que serviram de referência para a estética do trabalho. Apesar da parte visual relembrar o Pop do período, a sonoridade do álbum é bastante atual, mistura alguns dos gêneros musicais urbanos e traz referências do Trap, Pop e Funk.