A espera acabou! Luan Santana e Luísa Sonza lançam a envolvente e apaixonante “Coração Cigano”.

A parceria dos dois artistas, chega coroando o lançamento do álbum “Luan City” por completo, com direito ao clipe com o momento em que os dois apresentam o tema aos fãs no show.

“(as parcerias) Somam muito pessoalmente e profissionalmente. A Luísa, por exemplo, que é uma menina que vem do Rio Grande do Sul, que tem uma música muito característica, e ela faz parte disso, a música que a gente faz tem muito a ver com o ambiente que a gente vem… Então, quando a gente mistura isso, culturas e melodias diferentes, é uma soma maravilhosa. Luisa tem grandes referências do pop, funk, e quando a gente traz ela para cantar uma música super melodica, doce, com muitas notas, lembrando talvez a salsa, uma pegada latina caliente, é enriquecedor demais”, conta Luan.

Foto: Pedro Araújo

O sertanejo conta também como surgiu há dois anos a ideia do feat. Segundo ele, “Desde a live que fizemos com a Giulia B. Desde lá, vínhamos imaginando uma música com nós dois juntos. Na época, estava bombando aquela música Señorita, de Shawn Mendes e Camila Cabello. Então falei: ‘Isso combina com a Luísa por ser um ritmo quente, caliente, sensual e romântica ao mesmo tempo. Namora com o pop, com o arrocha… Foi uma escolha perfeita. Ela foi até o meu estúdio, gravamos a voz dessa música. Não parávamos de ouvir, de mostrar para os amigos que cobravam o dia do lançamento… Fizeram roteiro para o clipe, mas pensei em fazer ao vivo porque sabia que o povo ia pirar. Aí ela topou. Estou falando de dois anos atrás, quando cantamos essa música pela primeira vez. E agora foi a hora certa de lançarmos”.

E o cantor também diz, “Luísa é uma grande amiga. A gente ensaia esse feat há muito tem essa música gravada há muito tempo. A gente sonhava em lançar há muito tempo e, finalmente, chegou a hora. A Luísa é uma menina muito talentosa que combinou muito com essa música”.

Foto: Pedro Araújo

Sonza na gravação se lembrou do começo da carreira, quando em bailes no interior do Sul, e conta, “A pegada dessa música tem muito a ver com essa minha época, então acho que ajudou o Luan saber que faria sentido eu nessa música. Ele foi o primeiro artista que me abraçou em todos os momentos da minha carreira. Fosse em um momento incrível ou em um pior momento. Então temos uma relação de muito tempo, ele sabia que eu amava esse tipo de música também”.

E ela completa, “Quero esse estilo de volta na minha vida depois de passear no pop, no funk, onde iniciei minha carreira, tive mais destaque nacionalmente. Sempre me considerei e vou me considerar uma cantora de baile. Por mais que hoje as pessoas me vêem como cantora pop, vou sempre me ver como cantora de baile que canta todos os tipos de música. Essa é a minha verdadeira raiz, que acho que demorei um pouco a entender”.

Foto: Pedro Araújo

E ela destaca a leveza da música ao cantá-la. Segundo ela, “É algo mais introspectivo. É algo super natural (de cantar), o que amo muito. Vejo muito sentido nessa música, o que me agrada demais. Coração Cigano é aquela coisa mais introspectiva, que tem pegada sensual, para frente, que você dança… Ela faz você ter vontade de dançar, de escutar, ler a letra, sentir a interpretação… É uma música muito gostosa. O que eu infernizei o Luan Santana em dois anos para lançar essa música não está escrito. Mostrei para a minha família, que me infernizava para saber quando iríamos lançá-la. Finalmente essa espera acabou. Estou muito feliz”.