Em parceria com Criolo, banda Planet Hemp anuncia primeiro single inédito em 22 anos.

E “adivinha doutor quem tá de volta na praça?” Planet Hemp! O trecho entre aspas é de um dos maiores hits da banda carioca, a faixa “Ex-quadrilha da Fumaça” (do álbum “A Invasão do Sagaz Homem Fumaça”, o último de estúdio do grupo, lançado em 2001), e narra a profecia que está prestes a se cumprir.

Após anunciarem a assinatura com a Som Livre é o novo álbum pra Outubro, o quinteto formado atualmente por Marcelo D2, BNegão, Formigão, Pedro Garcia e Nobru anuncia agora a data de lançamento do single. “Distopia”, no próximo dia 20 de Setembro, prometendo entregar tudo que o Planet faz de melhor: um mix de Rock, Rap e Reggae, tudo isso temperado com muita atitude, o discurso subversivo e a proposta questionadora de sempre, mas que não envelhecem nunca.

Apresentada quando o grupo subiu ao palco do Lollapalooza neste ano e em Dezembro do ano passado, quando lotaram a Fundição Progresso, no Rio de Janeiro, a faixa de introdução ao novo álbum do grupo, é capaz de sintetizar bem a mensagem central do disco. “A gente achava que nunca mais ia lançar um disco do Planet. Estávamos bem resolvidos com a agenda de shows rolando desde 2008. Mas o momento da pandemia e todo o descaso do governo m,que só foi crescendo e colocou o país numa situação de violência absurda, pareceu um chamado a criar algo e a nos posicionarmos por meio da música. Era como se cada um estivesse em um canto até o momento que recebemos o chamado do Batman. Esse foi o momento em que entendemos que era necessário tirar a poeira da capa e voltar para unificar o público”, conta D2.

Sobre como rolou o feat com Criolo e a receptividade do público nas ocasiões em que a música foi performada ao vivo, BNegão complementa: “Na primeira vez que tocamos essa faixa ao vivo, a Fundição Progresso (casa de shows no Rio de Janeiro) veio abaixo. Foi um momento muito importante para nós, ao apresentarmos um som novo depois de duas décadas, e também para o público, que nos cobrava bastante isso. E quando tocamos na loucura que foi o Lollapalooza – numa apresentação levantada em 24 horas, na total surpresa, tivemos a oportunidade de defender o som ao vivo junto com o Criolo, num show transmitido em tempo real e direto para todo o planeta. Foi louco o bagulho”.

Com de reefs de guitarra, muito peso e intensidade, “Distopia” é repleta de mensagens que carregam os princípios da banda nesse retorno. A track traz ainda um manifesto, entoado pela voz de BNegão: “repense, reflita, recuse, resista” são as palavras de ordem presentes na faixa, e que de maneiras diferentes se refletem por todo o disco.