O Instituto Adus, organização que atua junto a refugiados, solicitantes de refúgio e pessoas em situação análoga ao refúgio no processo de integração local, apresenta novamente a exposição “Olhares que acolhem” em São Paulo.

A mostra reúne 14 fotos em preto e branco, feitas pelo fotógrafo Felipe Grespan, de refugiados vindos da Nigéria, Síria, Haiti, Togo, Senegal, Congo e Guiana Inglesa. Os registros estão disponíveis para o público até o dia 30 de Novembro nas estações Largo Treze e Oscar Freire, e de 1º de dezembro a 06 de Janeiro de 2022 nas estações Adolfo Pinheiro e Fradique Coutinho.

Apresentada pela primeira vez em Junho, em comemoração ao Dia Mundial do Refugiado (20 de junho), a exposição reúne também diversos dados sobre refugiados no Brasil e no mundo. O presidente do Adus, Marcelo Haydu, ressalta o trabalho constante do Instituto em reforçar a importância do tema para informar e conscientizar a população sobre o processo de reintegração dos refugiados na sociedade. A ação é uma parceria do Adus com a ViaQuatro e a ViaMobilidade.

Exposição ‘Olhares Que Acolhem’:

Data: de 03 a 30 de Novembro

Locais: Estações Largo Treze e Oscar Freire

Data: de 01º de dezembro de 2021 a 06 de janeiro de 2022

Locais: Estações Adolfo Pinheiro e Fradique Coutinh