Poderosa, Ruby lança “Uhlala”, com uma importante mensagem de amor próprio.

A música chega com um clipe bafônico, gravado nas ruas de Salvador, que mostra a cantora lindíssima, em várias versões de si mesma, toda dona de sí e inspirando todo mundo a se amar e se aceitar. A direção e o roteiro é de Rodrigo Pitta.

“A música significa esse processo que precisa ser diário. É sempre uma conquista estar bem em sua própria pele a ponto de não precisar de nada externo para te preencher. Acredito que quando se tem uma boa autoestima, você consegue se doar de forma mais integral e verdadeira às relações interpessoais”, analisa a cantora.

Ruby ainda completa, “Quando criança, eu me sentia muito vulnerável na minha própria pele. Sofria bullying na escola por causa da minha boca, cabelo e etc. Eu tinha muita dificuldade de aceitação e amor próprio, quando passei pela transição capilar aos 18/19 anos, após anos consecutivos alisando o cabelo, me conectei com minha ancestralidade de uma forma muito intensa e construir minha autoestima a partir desse processo de autoconhecimento. Então , em Ulala eu trouxe a experiência pessoal que eu vivencio diariamente, a minha relação com meu corpo físico e tudo que ele representa para mim, e socialmente a necessidade de aceitação e celebração das nossas características e personalidade, potencializando nossas qualidades para sermos sempre melhores”.

A composição do single é de autoria da artista, ao lado de Arthur Marques, King, Dj Thay.

Ruby:

Cantora e compositora nascida em Belo Horizonte, Ruby – nome artístico de Camila Gomes – canta desde os seus 3 anos de idade. Suas influências musicais vão desde o Jazz, R&B, Hip Hop, Black Music, como Nina Simone, Erykah Badu, Lauryn Hill, até Beyoncé e Rihanna. O nome que leva a jovem ao universo da música foi inspirado em Ruby Nell Bridges Hall (Tyler Town, 8 de setembro de 1954), uma ativista estadunidense conhecida por ser a primeira criança negra a estudar em uma escola primária caucasiana, em Louisiana, durante o século XX.

Em 2020, a cantora e compositora fez sua estreia com a inédita “Chapadin de Amor”, uma canção com uma mensagem de leveza e puro alto astral. Nesse ano, Ruby ainda vai apresentar mais deste talento artístico que vem chamando a atenção de todos, inclusive mostrando a influência afro que quer explorar em sua sonoridade.